Google+ Followers

Wednesday, October 29, 2008

Meme

Vou aproveitar o ensejo deste "meme" para expor melhor minhas idéias, mas primeiro vamos ao dito cujo:

"Em comemoração ao Dia Nacional do Livro e também o centenário do maior escritor brasileiro, o negro Machado de Assis indico a leitura de suas obras, que estão disponíveis através do Domínio Público, site mantido pelo governo federal com obras que estão em domínio público, ou seja, podem ser baixados, copiados, impressos e muito mais.
O site do Domínio Público é www.dominiopublico.gov.br as obras de Machado estão melhor organizadas no site do Ministério da Educação
O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro” por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil.
Seu acervo de 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, moedas, medalhas, etc., ficava acomodado nas salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro.
A biblioteca foi transferida em 29 de outubro de 1810 e essa passou a ser a data oficial de sua fundação. Fonte"
(sic)

Os meus 3 livros mais importantes
* Código Da Vinci - Dan Brown
* Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis PDF
* A Arte da Guerra - Sun Tzu
Para passar a frente, os escolhidos são:
1. Alexandre Sena
2. Lourenzo Ferreira
3. Mario Rinaldi
4. Ricardo Macari

Pois bem, eu "seria" o 5º destes escolhidos, e explicarei o porque do pretérito verbal.
Primeiramente, não concordo com alguns conceitos envolvidos nesta situação:
Não acredito na significância das chamadas "datas comemorativas" - meramente impostas para enaltecer algo ou alguém - , muito menos no caso presente onde se "comemora " (?) a fundação de uma biblioteca e 100 anos de morte de um escritor? Haja!
Em um país em que a maioria de seus cinco mil e tantos municipios não possuem uma livraria sequer, comemorar o dia do livro é uma aberração!
Devíamos estar lamentando nossa inépcia como sociedade e como nação, exigindo e construindo imediata estruturação cultural adequada para a criançada... Antes que eles se transformem naqueles que malemá lêem de carreirinha ou naqueles que lêem mas não compreendem porra nenhuma (hoje em torno de 85% da nossa população).
Não tenho 3 livros mais importantes, se os tivesse seriam exatamente os que leio atual e simultaneamente. Todos os livros, rascunhos, cadernos, folhas amassadas, pixels em tela que li até hoje me são importantes, em mesmo número, gênero e grau. Afinal, formaram minha consciência crítica, são o estofo da minha capacidade de argüição, análise e síntese.
Não acredito em memes. Para mim não passam de listinhas regradinhas de caderninhos escolares Nunca acreditei!
Ações culturais multiplicadoras devem - por essência filosófica - oferecer a possibilidade do contraditório, do embate cônscio, da dialética, da sinergia, do cross-fertilization. Da opinião equilibrada e livre, oras!
A unanimidade é burra (™ Nelson Rodrigues). Por isso rompi o meme no 1º nível...

Quem quiser pode distribuir isso aqui como lhe aprouver.

1 comment:

abyara said...

Convido-o a conhecer a Biblioteca Virtual do Governo do Estado de São Paulo:
http://www.bv.sp.gov.br

Assunto em destaque este mês: PAULO FREIRE e sua Pedagogia do Oprimido.
O link direto para o especial é: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/bv_destaque.html
Lembrando uma de suas diversas frases marcantes:
"Ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho: os homens se libertam em comunhão"

Abs,