Google+ Followers

Sunday, February 28, 2010

Pronto! Saiu: http://impressoes.vocepod.com/?p=233 Podcast Impressões Digitais v. LP 66

Blogs: sergiovds.blogspot.com & sergiovds.wordpress.com
Podcast: impressoes.vocepod.com
Follow me (twitter): sergiovds
Call me (skype): v.sergio

Posted via web from Impressões Digitais

I Dig it 066

Hoje tem Podcast Impressoes Digitais em sua versao LongPlay, edicao nº 66 (#014)

I Dig it 066 v. LP 014 (playlist)

A Hard Day's Night - John Lennon e Paul McCartney - 1964
#1 - Beatles (1964)
#2 - Ramsey Lewis Trio (1966)
#3 - Rita Lee (2002)

Georgia On My Mind - Hoagy Carmichael e Stuart Gorrell - 1930 
#1 - Billie Holiday (1941)
#2 - Ray Charles (1960)
#3 - Willie Nelson (1978)

For Once in My Life - Ron Miller e Orlando Murden - 1967
#1 - Stevie Wonder (1968)
#2 - Frank Sinatra (1977)

email: idigitais@gmail.com - skype: v.sergio - twitter: @sergiovds
http://impressoes.vocepod.com - http://sergiovds.blogspot.com - http://sergiovds.wordpress.com

Tuesday, February 23, 2010

Strawberry & Razor


De acordo com a fiota esse é um retrato poético de um reallity show de TV...


via tweetie

Tuesday, February 16, 2010

Pronto! Demorou mas saiu: http://impressoes.vocepod.com/?p=229 Podcast Impressões Digitais v. Full 65

Sérgio Vieira
Blogs: sergiovds.blogspot.com & sergiovds.wordpress.com
Podcast: impressoes.vocepod.com
Follow me (twitter): sergiovds
Call me (skype): v.sergio

Posted via email from Impressões Digitais

I DIG IT 065

Hoje é dia de Podcast Impressões Digitais - versão full, edição nº 65 de 25 de janeiro de 2010.

All Around The World Or The Myth Of Fingerprints - Paul Simon
Over the mountain
Down in the valley
Lives a former talk-show host
Everybody knows his name
He says there's no doubt about it
It was the myth of fingerprints
I've seen them all and man
They're all the same
Well, the sun gets weary
And the sun goes down
Ever since the watermelon
And the lights come up
On the black pit town
Somebody says what's a better thing to do
Well, it's not just me
And it's not just you
This is all around the world
Out in the indian ocean somewhere
There's a former army post
Abandoned now just like the war
And there's no doubt about it
It was the myth of fingerprints
That's what that old army post was for
Well, the sun gets bloody
And the sun goes down
Ever since the watermelon
And the lights come up
On the black pit town
Somebody says what's a better thing to do
Well, it's not just me
And it's not just you
This is all around the world
Over the mountain
Down in the valley
Lives the former talk-show host
Far and wide his name was known
He said there's no doubt about it
It was the myth of fingerprints
That's why we must learn to live alone

Intro:
O mundo flutua - exclusivamente - ao seu sabor, desde o advento do homem …
Bem… esta afirmação era válida até a revolução agrícola, umas dezenas de milhares de anos atrás, a partir da qual o Homo sapiens sapiens passou a alterar a natureza, visando transformar seu hábitat eu algo menos incômodo, ou seja, mais protetor e produtivo, com água e plantio localizados e controlados.
Desde então conseguimos - resumidamente - fazer uma bagunça dos diabos…
Para se ter uma idéia de nossa relevância universal, pare e tente imaginar sua própria dimensão tempo-espacial na superfície deste planetinha azul, daí compare-se com o Sol, com a Galáxia e com a dimensão do Universo conhecido (16 bilhões de anos-luz).
Nota: veja minha palestra no FMDS 2009 (eu começo a falar em torno dos 3 minutos de vídeo).

O Manual do Torneiro Mecânico:
Lembro a todos que esta seção do versão full não trata de política nacional nem se propõe a fornecer dicas metalúrgicas ou presidencialistas, aqui eu falo exclusivamente sobre tecnologia…

De bits, átomos, neurônios e genes ou da convergência tecnológica e um futuro... incerto
Manipular a matéria em escala atômica permite a concepção de nanoestruturas radicalmente novas. Essa tecnologia, como todas tecnologias revolucionárias, é uma "faca de dois legumes": ela ajuda no avanço dos tratamentos médicos, e ao mesmo tempo pode criar armas poderosas de destruição em massa.
A manipulação da matéria em escala atômica, além de inovadora, provou-se um vasto campo para unir inúmeras disciplinas como química, física, farmacologia, biologia molecular e engenharia eletrônica, tanto conceitualmente quanto no plano operacional. Esta extraordinária convergência de disciplinas que misturam bits, átomos, neurônios e genes receberam o significativo nome de BANG.
Da remediação de solos e despoluição de águas profundas, passando pela produção de telas planas e flexíveis e de baterias leves e de alta densidade, chegando à observação do comportamento de moléculas individuais no interior de sistemas biológicos e aos laboratórios de análise médica reduzidos ao tamanho de um chip (lab-on-a-chip implantados ou ingeridos sob forma de cápsulas), tudo se tornou possível.
Você pensa que tudo isso foi originado da bondade científica em busca do bem-estar humano? Nada disso… O primário e principal “cliente” de peso foram as forças armadas dos Estados Unidos.
Esses modelos e seus derivados obviamente encontrarão utilizações civis. O que - infelizmente - não é o caso das nanoarmas, intensamente pesquisadas e produzidas também na Índia e na Rússia desde 2004. A miniaturização de artefatos nucleares utilizando-se minúsculas armadilhas de antimatéria já não fazem parte da ficção científica.
O Army Science Advisory Board recomenda o estabelecimento de um sistema nanotecnológico de defesa norte-americano, pois vê - na nanotecologia - além de uma enorme chance de melhorar a vida humana, uma imensa e latente ameaça a humanidade. Um ataque terrorista ou militar de nanorrobôs ou de estruturas moleculares patogênicas, poderia destruir a civilização em alguns dias.
Só pra dar uma dose da realidade deste temor tecnológico: Taí a China com seu cyber-ataque, agora em janeiro, aos servidores de GMail da Google e de mais de 30 grandes empresas baseadas nos Estados Unidos .
Mas o outro lado da moeda também se faz presente: a nanomedicina já melhorou as técnicas de diagnósticos, em particular com relação à imagem. As propriedades antimicrobianas da prata são conhecidas há séculos. Passando à escala nanométrica, a eficácia dessas partículas se multiplicam.
Outras formas, como a nanobiologia, também são usadas na fabricação de biomateriais a partir de micróbios sintéticos e de açúcar para produzir ingredientes de bases de fibras que podem produzir quase todo tipo de tecido, da lingerie fina ao tapete
Contudo, essas perspectivas da nanomedicina e da nanobiologia podem se transformar em pesadelo. Um relatório da Unesco alerta que “a longo prazo, a nanomedicina pode provocar uma transformação radical da espécie humana. os esforços da humanidade para se modificar como e quando bem quiser podem levar a uma situação onde não seria mais possível falar em ‘ser humano’ (Raymond Kurzweil, Nanotechnology Dangers and Defenses - www.kurzweilai.net/meme/frame.html?main = /articles/art0653.html )”.
Já a empresa do controverso geneticista e executivo John Craig Venter (aquele mesmo que retalhou a bactéria Mycoplasma genitalium de 482 genes até chegar ao mínimo de 381 genes em que a bactéria se mantém funcional, e solicitou a patente deste organismo mínimo com o nome de Synthia - ouça o Impressões Digitais n” 37 de 15 de abril de 2007 - I Dig it 037) desenvolveu também um pequeno vírus artificial que permite, teoricamente, a criação de bactérias capazes de produzir o hidrogênio ou sequestrar o CO2 do meio.
A convergência BANG (bis, átomos, neurônios e genes), claro, tem impactos também na natureza e faz referência à ficção científica de entretenimento. O principal conselheiro para ciência e tecnologia do atual governo Obama, John Holdren, preconiza o uso da geoengenharia contra o aquecimento global, por meio de projetos prá lá de radicais como, p. ex., o lançar nanopartículas de sulfatos na atmosfera para filtrar os raios de sol.
...
Peraí, escurecer o céu?!
Êi, eu não disse que a gente já havia ouvido essa estória?
Chama o Neo aí Trinity!

...
Esses avisos, no entanto, não desencorajam uns geoengenheiros meio doidos, que pretendem manipular ecossistemas complexos para transformar o clima, como uso de árvores geneticamente modificadas ou desenvolvimento fazendas marítimas de fitoplâncton.
Os geoengenheiros além de meio doidinhos são otimistas e acreditam que podem solucionar os problemas globais de falta de alimentos. Projeções atuais indicam que até 2017, cerca 1,2 bilhão de habitantes de 70 países considerados pobres deverão sofrer com problemas de falta de alimentos.
Mas eu gostaria de lembrar que apenas dez fabricantes monopolizam 90% da produção mundial de agroquímicos e 70% da produção de sementes. O poder desta dezena de empresas vem do conhecimento integral da base da cadeia de produção alimentar, incluindo as sementes e seus genes. Esta centralização agro-biológica é motivo mais que suficiente para que haja uma profunda reforma no regime de registro de marcas e do direito internacional de propriedade intelectual, pois, se assim continuar, meia dúzia de empresas irão, certamente, se apropriar do patrimônio vegetal mundial, registrando sua manipulação em escala molecular e nanométrica.
Nunca fui um otimista, assim, sinto-me confortável em afirmar que é inevitável, a curto prazo, que a nascente bioeconomia acentuará a convergência dos bionanos, acelerando de uma só vez a concentração da propriedade intelectual e do capital que gira entre os gigantes detentores de know-how nos setores de energia, da química e da indústria agroalimentícia, nesta ordem.
A tendência de demanda maciça de matérias-primas agrícolas, para os processos de transformação irão restringir a produção de alimentos, elevando os preços finais dos alimentos, sacrificando - assim - os países pobres e em desenvolvimento.
Na era pós-petróleo denominada “economia sustentável” e que se divisa, ainda para este século, a produção industrial repousará sobre aquilo que for extraído de matérias-primas biológicas – culturas agrícolas, florestas, algas etc. – e na conversão em derivados químicos e nanoprodutos com forte valor agregado. Só então todo o processo ligado ao petróleo - química fina e óleos - poderá ser então adaptado.
A americana National Science Foundation estimou (em 2000) que o mercado mundial de produtos nanotecnológicos seria de US$ 1 trilhão em 2015. Mas em 2007 um estudo independente (“Half way to the trillion dollar market? A critical review of the diffusion of nanotechnologies”, Cientifica.eu, abril de 2007) projetou um mercado de US$ 3,5 trilhões para a mesma data, alcançando o mercado da eletrônica.
...
Que você tá esperando garoto!? Esquece esse papo de twitter, blog, facebook, Social Media e corre já pro microscópio…

Os Pensamentos do seu Milton, o guru do méier:
O ser humano é muito engraçado para não dizer estúpido - tudo o que andam chamando de Mídia Social nada mais é do que o reflexo digital da ganância humana, e deveria ser chamado simplesmente de Canal de Comércio - Bte-papo com um amigo em meados de 2008, entre uma cerveja e outra.

Caiu Na Rede:
Eu fico imaginando o que os seguidores, descendentes, destes descendentes de Antonio Conselheiro, irão transmitir aos seus seguidores… Qual será o produto final desta bagunça teo-etmológica e vernacular?
Muitos dizem que, talvez, uma nova religião, possivelmente onde a deidade mítica adorada seja Abribiafala…
E antes de começar a reprodução deste caiu na rede, preciso anunciar que descobri como aprendeu a falar aquela coisa chamada Tiririca que aparece por ai nos programas desta TV disgranhenta de ruim…
Clique ai se tens coragem!
A Bribia

É a Ignoranssa qui Astravanca u Porgréssio:
A notícia atual do papa recomendando os sacerdotes utilizarem blogs e ferramentas da nova mídia na busca de atingir a juventude com suas crençcas, me fez lembrar de uma notícia que nem chegava a ser algo assim relevante, pois possui uma lógica esperada, se posso falar em lógica em algo calcado em dogmas.
Em meados de 2008 foi noticiado que o Vaticano admitiu que extraterrestres são nossos irmãos… Por que isso vem a baila? Bem porque me caiu em mãos um texto que circula pelas inboxs de alguns coitados - como eu - o qual cita a tal notícia… fiquei curioso e segui com a leitura. O texto era o seguinte:
Vaticano admite: Os Extraterrestres são nossos Irmãos - (13/05/2008- 19h39 - Portal de Notícias do Uol)
Assimina Vlahou
De Roma, para a BBC Brasil:
O diretor do observatório astronômico do Vaticano, padre José Gabriel Funes afirmou (em entrevista intitulada "O EXTRATERRESTRE É MEU IRMÃO") que Deus pode ter criado seres inteligentes em outros planetas do mesmo jeito como criou o universo e os homens."Como existem diversas criaturas na Terra, podem existir também outros seres inteligentes, criados por Deus", disse o diretor do observatório conhecido como Specola Vaticana.
"Isso não contradiz nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus", acrescentou Funes, em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa da Santa Sé. Na entrevista ao jornal do papa, o padre Funes diz que possíveis habitantes de outros planetas devem ser considerados como nossos Irmãos."Se consideramos as criaturas terrestres como 'Irmão' e 'Irmã', por que não podemos falar também de um 'Irmão Extraterrestre'?",pergunta o padre."Ele também faria parte da criação."
Até aqui nada de mais… Mas o que se segue me faz considerar a IURD um tanto… ingênua:
"Uma Ordem de Seres Espaciais a serviço da Terra:
A Ordem dos Filhos da Luz foi fundada em 1977 em consequência da narrativa de Pólo Noel Atan, um brasileiro que, durante uma expedição no alto Amazonas, desviou-se do grupo e foi parar na Cidade dos Sete Planetas, uma base de pousos e decolagens de Naves Interplanetárias (discos voadores), oculta na Cordilheira dos Andes.
Pólo conviveu durante seis meses com aqueles Homens vindos de outros Planetas onde muito viu, ouviu, aprendeu. Retornando à São Paulo, iniciou a formação de um grupo de 49 pessoas, cuidadosamente escolhidas do seu círculo mais íntimo de amizades, para constituír uma Ordem de Ação Mental, em benefício de cada um, do Planeta e da Humanidade, segundo orientações dos Irmãos do Espaço.
O objetivo principal do grupo, inicialmente denominado Ordem dos 49, era atuar secretamente em conjunto com os ELES e com a Grande Fraternidade Branca dos Mundos Internos, na promoção de um trabalho intenso e contínuo de Ações Mentais (Mentalizações), destinado a ajudar toda a Humanidade Terrestre, conscientizando e humanizando especialmente os indivíduos ainda atrelados ao atavismo animal responsável pelo seu comportamento violento, egoísta e desumano.
A servidão ao referido atavismo animal é a grande responsável por quase todos os males que assolam o nosso mundo, atropelando a Ética, a Fraternidade e a Moral Positiva, a ponto de submeter o Planeta à ameaça de uma hecatombe nuclear, e de todas as injustiças, crimes e misérias humanas.
E como funcionam as Ações Mentais conjuntas? A Ordem dos 49 - atualmente Ordem dos Filhos da Luz - vibra com suas Mentes unidas e centralizadas em determinados pensamentos, e penetra nos cérebros de toda a Humanidade, induzindo-a a sublimação dos seus instintos animais e, consequentemente, humanizando-a na direção do reconhecimento da verdadeira Fraternidade Humana e à Consciência Planetária, sem místicas, mas solidamente alicerçada na Inteligência e na Sabedoria. Trata-se da mais pura Ciência relacionada com as potencialidades mentais de todo Ser Humano.
A UNIÃO das Mentes dos Espaciais e da Grande Fraternidade Branca dos Mundos Internos com as Mentes dos membros da Ordem dos Filhos da Luz, produz uma Força descomunal e determinante sobre todos os Terrestres; poderíamos tecer um grosseiro paralelo afirmando que "estamos re-programando as cabeças dos seres humanos", mas sempre no sentido positivo de se construir a Paz, a Fraternidade e a Harmonia. Além disso, essa UNIÃO nos abre um campo imenso para estabelecermos CONTATOS MENTAIS conscientes com os Espaciais e a Fraternidade Branca, a qualquer hora e em qualquer lugar pois o Mental transcende as limitações do tempo e das distâncias.
E a nós, membros ativos da Ordem dos Filhos da Luz, além do extraordinário trabalho humanístico que realizamos, nos é proporcionado também um rápido e contínuo desenvolvimento de muitas outras capacidades mentais latentes, pois estamos "ligados" a Mentes muito mais evoluídas que as nossas, de modo que a UNIÃO tende a nos nivelar para cima, provocando-nos transmutações internas extraordinárias, no sentido de nos igualar a ELES. Esse importante impulso evolutivo, já experimentado por nós há mais de trinta anos, é, sem dúvida nenhuma, a maior e mais importante recompensa que poderíamos receber pela nossa dedicação e entrega a uma causa tão nobre e superior, capaz de nos preencher com uma imensa PAZ INTERIOR e sensação de dever cumprido.
Finalmente, é necessário dizer também que ELES detêm Tecnologia e Conhecimentos muito avançados e estão dispostos a transferi-los aos Terrestres, para nos ajudar a solucionar os graves problemas que nos afligem e a nos proteger dos desastres naturais que estão se intensificando neste final de ciclo.
Esperamos você em nossa Ordem e lhe garantimos que estará dando um passo enorme em direção à sua evolução individual e expandindo infinitamente os seus horizontes mentais; irá adquirir total capacidade para um perfeito controle emocional e, consequentemente, conquistar o poder para prever e solucionar, sem falsas místicas, todos os seus problemas pessoais com suas próprias forças, sem depender de ninguém; você já possui todo o potencial que necessita dentro de si mesmo e na Ordem dos Filhos da Luz aprenderá a despertá-lo e acioná-lo corretamente.
Mesmo que ache que tudo isso é bom demais para ser verdade, ou delírios utópicos de elementos sonhadores e desajustados, dê uma chance a si mesmo: fale conosco sem compromisso, conheça na íntegra o relatório de Pólo Noel Atan sobre a sua ida e permanência na Cidade dos Sete Planetas, detalhes sobre o trabalho dos Espaciais e da Ordem dos Filhos da Luz, visitando o nosso site: http://.… "

...
E você aí que diariamente consulta seu horóscopo, pode fazer o favor de tirar o sorrisinho da boca?!?
Elaiá..

My soul is jazzy and blues:
Superstition - com Stevie Wonder
Very superstitious,
Writing's on the wall,
Very superstitious,
Ladders bout' to fall,
Thirteen month old baby,
Broke the lookin' glass
Seven years of bad luck,
The good things in your past
[Chorus]
When you believe in things
That you don't understand,
Then you suffer,
Superstition ain´t the way
Hey
Very superstitious,
Wash your face and hands,
Rid me of the problem,
Do all that you can,
Keep me in a daydream,
Keep me goin' strong,
You don't wanna save me,
Sad is the soul
[Chorus]
When you believe in things
That you don't understand,
Then you suffer,
Superstition ain't the way,
Yeh, yeh
Very superstitious,
Nothin' more to say,
Very superstitious,
The devil's on his way,
Thirteen month old baby,
Broke the lookin' glass,
Seven years of bad luck,
Good things in your past
When you believe in things
That you don't understand,
Then you suffer,
Superstition ain't the way,
No, no, no

Olha a política aí geeeente!
Eu não desisto, continuo a lembrar que há muito divulgo minha Campanha cidadã Congresso 2010:
ATÉ AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, ENCHA MUITO O SACO DE SEU REPRESENTANTE!
Quanto as próximas eleições: pense bem quem você irá escolher pra aporrinhar...

Corolário:
Technicolor com Os Mutantes
Please don't you ever ask me things
I wouldn't like to talk about
It's time to get in touch with things
we always used to dream about
I'll take a train in technicolor
Come along be nice to me my girl
Through the window,
the nice thing on earth will pass by
Moving slowly
Through the wide screen
I'm gonna see me kissing you babe
Oh! What a nice film we would be,
if only you could come with me
It's time to get in touch with the things
we only used to care about

BackGround:
Triste (Zimbo Trio); Peri´s Scope (Bill Evans Trio); Blue in Green (Bill Evans Trio); Come Rain or Come Shine (Bill Evans Trio); Autmun Leaves (Bill Evans Trio); Chi Mai (Ennio Morricone); O Morro não tem vez (Zimbo Trio)

Thursday, February 04, 2010

Rá! A tchurminha pensa que camiseta é coisa século XXI

Na época do Cr$ ela já bancava o Planeta Diário (e tem quiança que se acha nerd inovador)

Posted via email from Impressões Digitais

Tuesday, February 02, 2010