Google+ Followers

Tuesday, September 14, 2010

Insônia

Insônia (25 de março de 1980)


Dane-se, como tudo, esse sabor 
dessa mistura de suor e vontade
obscura.
Em minha boca, salgada, e
que balbucia rouca palavras ríspidas 
e diárias.
Dane-se esse espectro azulado
de saudade
que me acompanha pela cidade
nas ruas feito sombra de sol a pino,
que deslumbra todo um desatino
qualquer
de reflexo disforme.
Dane-se essa incontente sensação
de vitória, de história vencida,
de negação impotente.
É tanta derrota trivial
é tanta alheia palavra final,
de quem fala e não faz 
que me aconchego, derradeiro
sem achar direito na cama
meu travesseiro.

Posted via email from Anotações Nada Notáveis

No comments: