Google+ Followers

Tuesday, December 16, 2008

Vamos viralizar o Nick Ellis

O Nick Ellis (aka Digital Drops) se enfiou em uma enrrascada marqueteira com a LG e, claro, arrastou os amigos, inimigos e agregados com ele numa gincana, bem paga-mico, no manjado estilo "topa tudo por dinheiro".
Bem, ele já entrou numas roubadas ao longo das sete tarefas anteriores e agora, na maior cara de pau ataca de Rick Astley, numa tentativa de substituir o "Never gonna give you up" pelo "Unbreak my heart" na web.
E você já sabe né, pediu a ajuda dos universitários, amigos, parentes e qualquer zé-mané que possua um coração não-peludo para ajudá-lo na hercúlea tarefa de viralizar sua imagem e voz(!?) na web.
Assim, para não dizer que só ajudei as vítimas de Santa Catarina, estou aqui pedindo que você também divulgue esta peça única do cancioneiro pop mundial e de quebra auxiliar a conquista do Desafio LG http://www.desafiolg.com.br

Wednesday, December 10, 2008

O que anda acontecendo?

Durante os últimos meses, devido ao Prêmio Podcast 2008 e uma vida profissional p'rá lá de exigente, tudo relativo ao podcast Impressões Digitais e a este blog foi olimpicamente desprezado.

Em contraponto a este abandono tentei ajudar o Chris Gutner no projeto VoxMundo, gravando uns áudios diretamente no site ou via fone, infelizmente, neste caso a exclusividade não é salutar, portanto, suspendi temporariamente as gravações no Voxmundo. 
Outra novidade deste período foi o lançamento do Sérgio's Printed Words: um espaço para miniblogs. Algo entre o Blog e o Microblog, nada de laudas ou 140 caracteres, um textinho enxuto mas completo (se possível). 
"E porque , ó criatura! Você que não consegue fazer direito o que se comprometeu a fazer, arruma mais sarna p'ra se coçar?" Respondo: Estou preparando uma nova estrutura e p'ra isso fui colocando as bases por aí.
Aguardem que tudo irá se ajeitar. 
Vontade de falta... 

Prêmio Podcast 2008

Após a divulgação dos agraciados com o Prêmio Podcast 2008 posso afirmar que sinto-me feliz.

Alcançou-se uma participação além das expectativas iniciais, o envolvimento dos produtores e assinantes de podcasts demonstrou que o caminho é esse: ética, participação e colaboração em prol de todos.

Deixo aqui meus agradecimentos a todos que, direta ou indiretamente,  participaram deste processo conduzido inteiramente pelo Eddie Silva e nos ajudaram na tarefa de seleção e avaliação dos concorrentes.

Parabenizo a todos vocês, podcasters - concorrentes ao prêmio ou não -  jurados, equipe de apoio e organização,  todos são vencedores, hoje todos nós vencemos…

Wednesday, October 29, 2008

Meme

Vou aproveitar o ensejo deste "meme" para expor melhor minhas idéias, mas primeiro vamos ao dito cujo:

"Em comemoração ao Dia Nacional do Livro e também o centenário do maior escritor brasileiro, o negro Machado de Assis indico a leitura de suas obras, que estão disponíveis através do Domínio Público, site mantido pelo governo federal com obras que estão em domínio público, ou seja, podem ser baixados, copiados, impressos e muito mais.
O site do Domínio Público é www.dominiopublico.gov.br as obras de Machado estão melhor organizadas no site do Ministério da Educação
O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro” por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil.
Seu acervo de 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, moedas, medalhas, etc., ficava acomodado nas salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro.
A biblioteca foi transferida em 29 de outubro de 1810 e essa passou a ser a data oficial de sua fundação. Fonte"
(sic)

Os meus 3 livros mais importantes
* Código Da Vinci - Dan Brown
* Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis PDF
* A Arte da Guerra - Sun Tzu
Para passar a frente, os escolhidos são:
1. Alexandre Sena
2. Lourenzo Ferreira
3. Mario Rinaldi
4. Ricardo Macari

Pois bem, eu "seria" o 5º destes escolhidos, e explicarei o porque do pretérito verbal.
Primeiramente, não concordo com alguns conceitos envolvidos nesta situação:
Não acredito na significância das chamadas "datas comemorativas" - meramente impostas para enaltecer algo ou alguém - , muito menos no caso presente onde se "comemora " (?) a fundação de uma biblioteca e 100 anos de morte de um escritor? Haja!
Em um país em que a maioria de seus cinco mil e tantos municipios não possuem uma livraria sequer, comemorar o dia do livro é uma aberração!
Devíamos estar lamentando nossa inépcia como sociedade e como nação, exigindo e construindo imediata estruturação cultural adequada para a criançada... Antes que eles se transformem naqueles que malemá lêem de carreirinha ou naqueles que lêem mas não compreendem porra nenhuma (hoje em torno de 85% da nossa população).
Não tenho 3 livros mais importantes, se os tivesse seriam exatamente os que leio atual e simultaneamente. Todos os livros, rascunhos, cadernos, folhas amassadas, pixels em tela que li até hoje me são importantes, em mesmo número, gênero e grau. Afinal, formaram minha consciência crítica, são o estofo da minha capacidade de argüição, análise e síntese.
Não acredito em memes. Para mim não passam de listinhas regradinhas de caderninhos escolares Nunca acreditei!
Ações culturais multiplicadoras devem - por essência filosófica - oferecer a possibilidade do contraditório, do embate cônscio, da dialética, da sinergia, do cross-fertilization. Da opinião equilibrada e livre, oras!
A unanimidade é burra (™ Nelson Rodrigues). Por isso rompi o meme no 1º nível...

Quem quiser pode distribuir isso aqui como lhe aprouver.

Sunday, October 19, 2008

I Dig it 046

Hoje é dia de Podcast Impressões Digitais em sua quadragésima-sexta - versão Compacto Duplo.

INTRO: Na seção Homo Sapiens do Impressões Digitais Versão Acústica, vou abordar os acontecimentos do século 17, neste que é o terceiro de sete episódios da série Estórias da História do Brasil.
Esta série foi parida a partir da sugestão de um caro parceiro, o Renato Castilho - agora produtor do podcast Viver Digital - que me incitou a desenvolver o tema “As estórias da História do Brasil“, cuja formatação buscou um modo diferente para expor algumas facetas não muito discutidas comumente e que compõem parte indelével da formação de nossa estrutura tupiniquim europeizada. Na realidade estou esboçando o ambiente histórico no qual se formou o nosso brasilzão-véio-de-guerra.

HOMO SAPIENS (ou Timeline):

1600: Giordano Bruno é queimado por heresia em Roma; iniciam-se em São Paulo as “bandeiras”, simples e pequenas expedições para captura de indígenas para servirem como escravos, e que serviram para iniciar o povoamento do sertão paulista. William Gilbert, na Inglaterra, escreve De Magnete, onde postula que a Terra comporta-se como um magneto com pólos norte e sul.
1603: Promulgação do Regimento das Minas, o primeiro ordenamento real para a exploração mineral no Brasil. Na Inglaterra Shakespeare publica Hamlet.
1604: Criação em Portugal do Conselho das Índias e Conquistas Ultramarinas.
1605: Início das medidas de controle sobre a permanência de estrangeiros em território português ultramarino, concessão de ampla liberdade aos índios, por provisão real, solenemente ignorada como atos posteriores. Cervantes publica o clássico Don Quixote.
1606: Concessão à Santa Casa do Rio de Janeiro dos mesmos privilégios e provisões da Santa Casa de Lisboa (volto a lembrar, quem administra as colônias portuguesas, no fim são os espanhóis). Na Holanda nasce o pintor Rembrandt.
1608: Nova divisão do Brasil. As donatarias abandonadas, foram reestruturadas pelo governo espanhol, que dividiu o Brasil em duas administrações: sul (incluindo Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Vicente) e norte, basicamente toda a costa pra cima de Vitória. Foral da vila de Angra dos Santos Reis da Ilha Grande, Rio de Janeiro (A Carta Foral estabelecia direitos e deveres particulares desses colonos, habitantes ou povoadores na vida municipal, exercício da Justiça, privilégios da terra, organização social e administrativa, etc.). Enquanto isso na Europa Hans Lippershey constrói o primeiro telescópio.
1609: Início do governo de Francisco de Sousa, sediado no Rio. Criação do Tribunal da Relação do Brasil em Salvador. Johannes Kepler (1571- 1630) publica Astronomia Nova.
1610: Fundação da primeira Missão jesuíta entre os guaranis no Paraguai. Galileu Galilei publica O Mensageiro das Estrelas.
1612: Reunificação administrativa do Brasil. Morre o compositor barroco Gabrieli nascido em 1557.
1614: Morre o pintor El Greco, nascido em 1541.
1615: Elevação à vila da antiga feitoria de Nossa Senhora da Assunção de Cabo Frio. Remanescentes da malfadada França Austral abandonam definitivamente o Brasil.
1616: É assinado o tratado de paz entre Holanda e Portugal. A igreja católica publica o édito contra as idéias de Copérnico.
1617: Provisão de Salvador Correia de Sá ordenando a abertura do caminho da costa até o rio Paraíba e exploração do sertão. Carta régia (espanhola, lembre-se) autoriza a todos os vassalos portugueses e pouquissimos espanhois a exploração das minas ainda a serem descobertas no Brasil.
1618: Eclode a Guerra entre a Reforma (protestantes) e a Contra-Reforma (católicos), conhecida como Guerra dos 30 anos.
1619: Primeiros escravos africanos chegam a América do Norte, na atual Virginia. Estabelecimento da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência no Rio. Kepler publica Harmonices mundi.
1620: Início do conflito entre jesuítas brasileiros e o Santo Oficio.
1621: Fundação da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais com privilégios comerciais para a África e América. Início do reinado de Filipe III de Portugal (ou seja, Filipe IV da Espanha, da dinastia de Habsburgo). Divisão do Brasil em Estado do Brasil e estado do Maranhão e Grão-Pará. Fundação dos primeiros engenhos de açúcar no Maranhão.
1624: O Brasil foi o primeiro alvo a ser atacado pelos holandeses. O primeiro ataque ocorreu com 1700 homens os holandeses invadiram a Bahia iniciando o conflito na região urbana, depois foram atraídos para regiões distantes, onde ficavam as instalações dos engenhos de cana-de-açúcar que funcionavam com a mão-de-obra escrava. Estes modelo de produção até então exclusivo dos portugueses despertou grande interesse aos holandeses.
1627: Início de povoamento dos Campos dos Goitacazes com introdução de pecuária, principalmente a partir de 1633.
1628: William Harvey (1578-1657) publica a obra "Sobre os movimentos do coração e do sangue".
1629: Bacon publica A Nova Atlântida.
1630: A Holanda quase sem resistência ocupa atual região de Pernambuco e faz da cidade do Recife seu centro administrativo-comercial e militar.
1631: Primeiro jornal do mundo ocidental é publicado em Paris.
1632: Galileu Galilei publica a obra "Dialogo a respeito dos dois sistemas que comandam o mundo" e em 1633 ele é condenado pela Igreja Católica por heresia.
1634: A Holanda conquista Curaçao na America Central.
1635: Os Franceses conquistam Martinica e Guadalupe.
1637: Começa a expedição de Pedro Teixeira do norte do Brasil até Quito (ele retornou em 1639 ano em que o Brasil holandes passa a ser administrado por Johan Maurits van Nassau-Siegen, administração que se estende até 1644. Na França, Rene Descartes publica o Discurso do Método.
1640: Eclode a revolta Portuguesa contra o domínio espanhol. Termina a União das Coroas ibéricas. É restaurada a monarquia portuguesa com aclamação de D. João IV, da Casa de Bragança.
1642: Criação do Conselho Ultramarino e dos conselhos da Consciência, Fazenda, Guerra, e Estado. Abolição dos monopólios régios nas Índias e Guiné, salvo o da canela. Decreto do monopólio do tabaco em favor da coroa. Morre Galileu Galilei.
1643: O rei de França Luis XIV sobe ao trono. Salvador Correia de Sá é indicado como governador e administrador geral das minas de São Paulo, com poderes independentes. Morre o compositor barroco Monteverdi nascido em 1567; O italiano Evangelista Torricelli inventa o barometro.
1645: Pascal inventa a 1ª calculadora mecânica.
1648: É assinado o Tratado de Westfalia (encerrando a Guerra dos 30 Anos).
1649: Charles I da Inglaterra é decapitado. Criação da Companhia Geral de Comércio do Brasil. Partida da primeira frota com destino ao Brasil de portugueses expulsos da Arábia e do Golfo Pérsico, por árabes ajudados por ingleses e holandeses.
1651: Hobbes publica Leviatã.
1652: Morre o compositor barroco Allegri nascido em 1582.
1652: Restabelecimento do Tribunal da Relação do Brasil em Salvador, suprimido pelos reis Filipes de Espanha. Extensão da autorização para entradas, ou seja estabelecimento, a todas as ordens religiosas e não mais apenas aos jesuítas.
1653: Nasce o compositor barroco Corelli. Na Inglaterra Cromwell é nomeado Lord Protetor da Coroa.
1654: Os Ingleses conquistam a Jamaica.
1657: Realmente a Holanda e Portugal não se entendem, um ataque holandês bloqueia Lisboa por três meses.
1658: É conferido a Salvador Correia o governo das capitanias do sul do Brasil com absoluta independência do governo da Baía.
1659: Após apenas 10 anos é extinta a Companhia Geral de Comércio do Brasil.
.1660: Morrem os pintores Rubens e Velasques; Pascal publica Pensamentos.
1661: Acordos de Londres e Haia - os holandeses reconhecem a perda do nordeste do Brasil. O povo de São Luís, Maranhão se revolta contra os jesuítas. Robert Boyle publica O Químico Cético.
1662: Salvador Correia parte para Lisboa. Robert Boyle desenvolve a teoria dos gases. É restaurada a monarquia inglesa - Charles II é coroado.
1664: Criação da Companhia Francesa das Índias. Os primeiros franceses em Caiena.
1665: Morre Filipe IV da Espanha. Newton e Leibniz independentemente inventam o cálculo integral e diferencial.
1666: Moliere publica O Misantropo. Instalação de estaleiro na Ilha Grande, Rio, para construção de fragatas, ágeis navios desenvolvidos pelos Holandeses. Ordem para envio de maior número de cavalos do Brasil para Angola. Epidemia de bexiga no Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia.
1667: Condenação do Padre Antônio Vieira a reclusão e silêncio. Na Inglaterra Milton publica o Paraíso Perdido.
1669: Requerimento da câmara municipal para que todos os anos viessem ao Rio de Janeiro três navios de Angola com escravos. Construído o forte de São José do Rio Negro, na confluência dos rios Negro e Solimões.
1671: Revolta dos Frades no Rio, Bahia e Pernambuco pela isenção de submissão aos prelados portugueses.
1673: Permissão de navegação transportando escravos negros.
1674: Publicação do regimento portugues para os armazéns da Guiné na África, Índias e ilhas Armadas. Criação da Junta do Tabaco.
1675: Criação da nova Província Religiosa do Rio de Janeiro com o nome de Imaculada Conceição.
1676: Elevação do Bispado da Bahia a Arcebispado Metropolitano do Brasil. Criação do Bispado do Rio de Janeiro, sufragâneo da Bahia pela bula papal Romani caravelascarros Solicitudo, de 22 de novembro, a qual também delimita a área entre o sertão do Espírito Santo e o Rio da Prata como diocesanos (!). Ole Christensen Romer (1644-1710) determina a velocidade da luz; Anton van Leeuwenhoek - descobre organismos vivos em uma gota dágua usando um microscópio de 200x.
1677: Racine publica Fedra; Spinoza publica Ética.
1678: Nasce o compositor Vivaldi; Christiaan Huygens (1629-95) expõe seu Traite de la lumiere, sobre a caracteristica ondulatória da luz. Instalação do Tribunal da Relação Eclesiástica na Bahia.
1679: Subordinação das capitanias do sul do Brasil ao governo do Rio de Janeiro.
1680: Criação da Colônia de Sacramento por Manuel Lobo, governador do Rio de Janeiro.
1681: Criação da Junta das Missões. Descoberta de pedras preciosas por Fernão Dias Pais Leme.
1682: Pedro I (o Grande) se torna tzar da Rússia.
1683: Coroação de D. Pedro II (sucessor de D. Afonso VI).
1685: Nascem os compositores J. S. Bach e Handel.
1686: John Ray publica Historia Planyarum onde classifica 18.600 diferentes espécies de plantas.
1687: Isaac Newton (1643-1727) publica Philosophiae Naturalis Principia Mathematica.
1690: Locke publica Dois Tratados de Governo; e também o Ensaio sobre a compreensão humana. É fundado o arraial de Sabará em Minas Gerais, pelos paulistas.
1691: Morre Salvador Correia de Sá. Voltando a Portugal em 1662, ele acabou criando inimizades a ponto de ser condenado ao degredo por 10 anos na África. À custa de muito dinheiro conseguiu que o deixassem ficar num convento, e depois que o deixassem ficar em sua casa em Santos, no litroal paulista, onde se conservou recluso. Ao final de sua vida foi solto, voltando ao lugar que lhe pertencia de membro do Conselho Ultramarino, até a morte aos 91 anos.
1694: É constituído o Banco da Inglaterra.
1695: O Quilombo dos Palmares, após quase 105 anos de existência, e tendo no apogeu 20 mil habitantes, é destruído por 6 mil homens e artilharia comandados pelo bandeirante contratado Domingos Jorge Velho.
1696: Nomeação do primeiro juiz de fora no Rio de Janeiro.
1697: Primeiras descobertas significativas de minas de ouro em Minas Gerais.
1698: Transferência da Casa da Moeda de Salvador para o Rio de Janeiro.
1699: Sujeição da Colônia do Sacramento ao Rio de Janeiro. O Império Otomano perde a guerra Astro-Otomana para a Liga Sagrada de 1684, formada pela monarquia dos Habsburg, a comunidade polaca, a república de Veneza e Pedro I da Rússia; em cosequência, pelo Tratado de Karlowitz, os otomanos entregam a Hungria aos vencedores. Este fato é considerado o início definitivo declinio do Império Otomano que ao longo do século sofreu profundas deteriorações devido aos conflitos ao longo de toda suas enormes fronteiras, grandes disensões internas de poder e enorme corrupção.
1700: Proibição de passagem de mestres, oficiais e escravos para Minas Gerais.

No século 17, o Brasil, mesmo dinasticamente sob domínio de Espanha por quase meio século, teve sua identidade portuguesa definitivamente consolidada. A expansão do poder eclesiástico na colônia e a miscigenação das raças americanas, européias e africanas é irreversível, e enquanto essa mesma colônia sobrevive aos ataques dos indígenas, às rebeliões e fugas dos negros, às pestes e epidemias - enquanto arranca da cana a principal e quase única riqueza de suas extensas terras - na Europa, mesmo turbulenta, as ciências e as artes encontram os grandes mestres: Galileu Galilei, Sheakespeare, Cervantes, Rembrandt, Bacon, Descartes, Pascal, Hobbes, Corelli, Rubens, Velasques, Moliere, Racine, Newton, Locke... e muitos outros.
A relativa unidade sob a Republica Cristiana medieval já em colapso desde o início do século 16, castigada pelos avanços do Império Otomano na Europa oriental, foi sacudida ainda mais pela grande turbulência provocada pelo embate religioso-político das doutrinas de Lutero e Calvino, o qual levou à fragmentação do Cristianismo Latino, entre Católicos e Protestantes.
Os jesuítas, apesar de não concordarem com a escravidão dos indígenas, defendem ferreamente a escravidão dos africanos, e conseguem implementar toda a agenda católica de co-gestão do poder atuando na dominação catequista e social da colônia.
Aas ciências e as artes florescem de forma estupenda na Europa Ocidental. Países como Holanda e França decidem intensificar suas ações de invasão dos territórios portugueses para criar uma nova rota comercial atlântica, pois Portugal já havia consolidado o domínio das costas africanas...
Portugal e Holanda se enfrentam também em Angola e na Europa, o comércio de escravos da África se intensifica, sustentando a ampliação comercial e populacional do interior do Brasil, tanto ao sul como ao norte.
A partir do último quarto de século o poder da Igreja Católica se fixa finalmente - com toda uma hierarquia e suporte eclesiático estruturados - em um Brasil que também já possui uma divisão administrativa sólida e afinada com os planos de expansão do território, os quais permitem as explorações, povoamentos e descobertas de pedras preciosas. Na Europa oriental a Liga Sagarada enfrenta os otomanos e reconquistam a posse da Hungria.
O quilombo dos palmares - que durante todo os século 17 abrigou escravos fugitivos - é aniquilado pels forças contratadas pela administração portuguesa.

Sunday, August 24, 2008

I DIG IT 045 - FULL

Hoje é dia de Podcast Impressões Digitais na versão Full, edição nº 45 de 15 de agosto do ano gregoriano de 2008.

Sitting on the dock of the bay - Anne Ducros (Otis Redding & Steve Cropper)
Sitting in the morning sun
I'll be sitting when the evening comes
Watching the ships roll in
And I watch 'em roll away again
I´m sitting on the dock of the bay
Watching the tide roll away
I'm just sitting on the dock of the bay
Wasting time
I left my home in Georgia
Headed for the 'Frisco bay
I had nothin to live for
And look likes nothing's gonna come my way
So I'm just...
I´m sitting on the dock of the bay
Watching the tide roll away
I'm just sitting on the dock of the bay
Wasting time
Looks like nothing's gonna change
Everything still remains the same
I can't do what ten people tell me to do
So I guess I'll remain the same
I´m sittin here resting my bones
And this loneliness won't leave me alone
It's two thousand miles I roamed
Just to make this dock my home
Now,
I´m sitting on the dock of the bay
Watching the tide roll away
I'm just sitting on the dock of the bay
Wasting time

Introdução: Somos menos que poeira, um nada neste infinito Universo, e pra ajudar estamos no minimo da senoide cultural. Uma brutal verdade: não sofremos só com a poluição industrial, ambiental; a iconosfera, o universo dos signos que nos conduz também tornou-se totalmente irrespirável. Não é mais possível suportar calado o que nos submete a indústria cultural... A arte hoje é profissão.
A espantosa revolução horizontal nas informações, na tecnologia das comunicações esta aí mas a grande massa humana não a percebe distintamente. O que espanta é a clara existência do grande e enorme vazio vertical no pensamento mundial, ou melhor na civilização humana.

O Manual do Torneiro Mecânico: Apertem seus cintos, a “doomsday machine” (LHC do CERN) vai ser ligada!
Preparai-vos irmãozinhos! Um novo mundo está próximo...
Daqui a pouco o ser humano estará criando buraquinhos negros em laboratório. É isso mesmo, buracos negros! Aqueles lugares onde a gravidade em um ponto infinitesimal é tão violenta que nem a luz escapa quando passa em seus arredores, naquilo que é chamado de horizonte de eventos.
Mas peraí... nem tudo é finitude, escuridão, caos e destruição nesta nova aventura humana.
As informações capturadas nos gigantescos detectores e devidamente processadas irão redefinir o quadro sobre a origem da matéria e da energia, a base do universo, propiciando ao homem a compreensão de estruturas jamais imaginadas, nem pelos mais fantasiosos escritores de ficção científica.
Sonho!? Nada disso, uma possibilidade tecnológica bastante real...
Mesmo com as espectaculares ações do conhecimento humano das últimas décadas - como no desenvolvimento do LHC, na astronáutica, na biologia, e na tecnologia digital - percebe-se nitidamente que a cultura contemporânea de todo o mundo foi de mal foi a pior... andamos literalmente na contra-mão da elevação dos padrões culturais e sociais.
A cultura humana deixou de ser “de massa” e passou a ser “de culto” e voltada ao hedonismo vulgar, colada a uma praxis vazia e horizontal, de consumo, pior, totalmente efêmera e descartável, altamente mercantilizada e industrializada. Situação muito provavelmente fomentada pelo deslumbramento, incompreenssão e descompasso deste viver altamente tecnológico cotidiano sem o estofo cultural mínimo, sem premissas da erudição necessárias para avaliação desapaixonada dos engôdos de todo um mercado de consumo globalizado e voraz...

Os Pensamentos do seu Milton, o guru do méier: Hoje usei minha própria massa encefálica.
Se por um lado, aquilo chamado de Social Media como um todo, nada mais é do que a expansão desordenada - pelos meios digitais - das mesquinharias humanas. O blogging pode ser considerado um reflexo do caldo cultural da gente... ou seria um complexo culto autoral vigente?

Caiu Na Rede: Com o acordo ortográfico entre os países de língua portuguesa, algumas coisas na escrita vão mudar tanto pra nós como pra os países que seguem a estrutura lusitana a partir de 2009...
Entretanto, há uma coisa que não irá se mover um milímetro do que está estabelecido há muito em nossa capacidade vernacular: a maneira exclusivamente brasileira de se utilizar uma única palavra com inúmeros significados perfeitamente compreensíveis a qualquer brasileirinho que malemá lê de carrerinha:

Como dúvida geográfica : Onde fica essa merda?
Como indicação geográfica: Vá a merda!
Como abandono geográfico: Chega, vou embora dessa merda!
Como substantivo qualificativo: Sabe duma coisa, você é um merda!
Como auxiliar quantitativo: Trabalho pra caramba e não ganho merda nenhuma!
Como indicador de especialização profissional: Ele só faz merda.
Como indicativo de MBA: Nossa! Ele faz MUITA merda.
Como sinônimo de covarde: Seu merda!
Como adjetivação diminutiva: Seu merdinha...
Como questionamento dirigido: Fez merda, né?
Como indicador visual: Putz! Não tô enxergando merda nenhuma!
Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido: Porque você não vai a merda?
Como especulação de surpresa: Que merda é essa?
Como constatação da situação financeira: Ele está numa merda de dar dó...
Como indicador de ressentimento natalino ou realismo no turfe: Não ganhei merda nenhuma!
Como indicador de admiração: Puta Merda!!!
Como indicador de decepção: Puta Merda!!!
Como indicador de espécie: O que esse merda pensa que é?
Como indicador de continuidade: Eu? Na mesma merda de sempre.
Como indicador de desordem: Tá tudo uma merda!
Como constatação científica dos resultados da alquimia: Tudo o que ele toca vira merda!
Como resultado aplicativo: Pronto! Deu merda.
Como indicador de performance esportiva: O Robvelson não está jogando merda nenhuma!!!
Como constatação negativa: Que merda!!!
Como constatação de resignação: Ô merda!!!
Como indicador de impaciência: Êêê merda!
Como indicador de relação de parentesco: Mulher! Cadê o merda do seu irmão?
Como indicador de raiva multiplicada: Merda! Merda! Merda!
E finalmente como classificação literária: Êta textinho de merda!!!

Este texto coletado na rede mundial é de autor desconhecido... ou você acha que eu ia escrever uma merda dessa!?

O assunto bebidas alcoolicas e condução de veículos está tão em voga que o tema rende diversos comentários bem humorados. O melhor que consegui capturar associa este tema com o carácter cíclico da vida na face Terra: para a autora - A CANA SEMPRE DEU ALCOOL, MAS AGORA O ALCOOL TAMBÉM DÁ CANA.


É a Ignoranssa qui Astravanca u Porgréssio: Os melhores da comunidade Orkut “Eu odeio literatura - para quem odeia as aulas de literatura e está de saco cheio de ouvir falar da vida dos escritores, esta comunidade é para você! Abaixo às fofocas literárias! Ôôô coisa inútil!”. Compilação e divulgação Discreto Blog da Burguesia.

Em 11º lugar - Eric:
“literatura eh uma merda que soh serve pra atrasar o processo de desenvolvimento do pais pq ao inves de estudarmos o q realmente interessa, como matematica, fisica, quimica, etc, ficamos lendo livros ridiculos e aprendendo sobre leitores mais ridiculos ainda. Ah, e aproveitando, gostaria de mandar minha professora de literatura tomar no c* e se f..., desejo profundamente q ela se f... e tenha todo o azar que o mundo possa lhe dar. Sem mais”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “Harry Potter, O Código Da Vinci, Fortaleza Digital, Universidade Hacker e outros”

10º lugar - o autor SCCP Bruno:
“P/FALA BEM A REAL ARTE É INUTIL” & “”LITERATURA É COISA P/DA EMPREGO P/VAGABUNDO”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “NÃO SO MTO FÃ,PREFIRO CALCULOS”.

9º lugar - Danilo:
“Na verdade eu conseguiria destruir muitos livros. Acho que os unicos livros que eu naum destruiria.. seriam os livros de fisica, matemática e Informatica (que eh a minha paixao).”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “Hardware guia rapido; Hardware Curso completo (Biblia da Informatica); Curso completo de redes”

8º lugar - Marcos:
“Os cara escrevem tudo estranho e vem paga d culto c fosse a gente q escrevesse dakele jeito falariam q somos burro…”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “”As palavras são prisões das quais se contêm idéias…” (Henri Bergson). Anjos e Demônios. Caçador de Pipas. Cidade do Sol. Código da Vinci.”

7º lugar - André:
“O que vc faria com quem pôs literaturatura na sala colocava um cano de pvc bem grosso no c* dele, deixava la por uns 10 dias e depois matava”

6º lugar - Aleixo [respondendo ao seguinte post de uma garota chamada Mayra: “Diz Mayra: Eu posso afirmar: estou fazendo mais pelas pessoas desse mundo escrevendo poesia do que você.“]. Responde o Aleixo:
“EXTRA! EXTRA! DESCOBERTA A CURA DO CANCÊR E DA AIDS!! PEÇAM A MAYRA PRA FAZER POESIAS E ELA CURARÁ TODOS OS ENFERMOS!! pqp garota vai aprender a cozinhar q é mais útil pelo menos assim vc “faz” algo pelas pessoas necessitadas e q passam fome”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “só os da faculdade! e alguns outros”

5º lugar - Alexandre:
“Eu respeito as pessoas que gostam, mas empurrar literatura pros adolescentes não é coisa que se faça”.
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “Música, Geografia, História, Política, Espiritismo”

4º lugar - Michel:
“Na minha opiniao, a literatura eh uma coisa ciclica, ela existe pra se manter,vc aprende literatura pra ensinar literatura, pq nao da pra fazer mais nada com um monte de conhecimentos inuteis de “novelinhas” literarias e seus autores, exceto ficar repetindo que tudo isso eh util e tentando ensinar e convencer as pessoas que toda aquela porcaria de conhecimento que muitos passou muitos anos estudando nao eh uma total perda de tempo, uma grande ilusao…. Sem mais”

3º lugar - Paulinhuu:
“primero: tds os escritor morreram pobre
segundo: eles nunka pegam ngm
tercero: literatura serve pra q??? se alguem soube a resposta eu do parabens
quarto: eu vo mal em literaturaaa”

2º lugar - Rafael:
“Os aficionados adoram chamar de ignorantes, mas, hipocritamente, usufruem das invenções dos “ignorantes”. Sendo assim, deveriam morar no meio do mato, já que a casa onde moram foi projetada por arquitetos e engenheiros, que são pessoas “ignorantes”, já que a arquitetura e a engenharia não precisa de literatura para existir, não é??”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “de Língua Portuguesa, de Gramática, Auto-ajuda, Humor, Aventura, Psicologia, qualquer um que me interesse e que não seja de Literatura dada no colégio (argh!).”

1º lugar - Áron, ah bom...
“Li menino de engenho. Para que que eu presciso saber a situação do sertao a um tempo atras?????? Pega um grafico de geografia, kkkkk… te mostra tudo”
Perfil no Orkut; Sobre Livros: “NA PRATELEIRA DA BIBLIOTECA, DA LIVRARIA… DESDE QUE SEJA BEM LONJE AO EXTREMO DE MIM :)…”

Comentário deste podcaster: SOCORRO!!!!!

My Jazzy Soul got the Blues: CrossRoad Blues - Cream, 1968 (Robert Johnson, 1936).
I went down to the crossroads, fell down on my knees.
Down to the crossroads, fell down on my knees.
Asked the Lord above for mercy, “Save me if you please.“
I went down to the crossroads, tried to flag a ride.
Down to the crossroads, tried to flag a ride.
Nobody seemed to know me, everybody passed me by.
Well I'm going down to Rosedale, take my rider by my side.
Going down to Rosedale, take my rider by my side.
You can still barrelhouse, baby, on the riverside.
Going down to Rosedale, take my rider by my side.
Going down to Rosedale, take my rider by my side.
You can still barrelhouse, baby, on the riverside.
You can run, you can run, tell my friend-boy, Willie Brown.
Run, you can run, tell my friend-boy, Willie Brown.
And I'm staying at the crossroads, believe I'm sinking down.

Campanha cidadã Congresso 2010: ATÉ AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, ENCHA MUITO O SACO DE SEU REPRESENTANTE!
Enquanto isso, vá treinando e nas eleições municipais aporrinhe o seu candidato a vereador, questione sua plataforma e no caso dos candidatos a prefeito, tape o nariz, e escolha o menos pior.

Música bônus: Walkin´ Blues - Eric Clapton (Robert Johnson)
Woke up this morning, feel 'round for my shoes,
You know 'bout that babe, had them old walkin' blues.
Woke up this morning, I feel 'round for my shoes,
You know 'bout that babe, Lord, I had them old walkin' blues.
Leavin' this morning, I had to go ride the blinds.
I've been mistreated, don't mind dying.
This morning, I had to go ride the blinds,
I've been mistreated, Lord, I don't mind dying.
People tell me walkin' blues ain't bad;
Worst old feeling I most ever had.
People tell me the old walkin' blues ain't bad.
Well it's the worst old feeling, Lord, I most ever had.

Sunday, July 20, 2008

I Dig it Special04

Hoje é dia de Impressões Digitais em uma versão mais que Especial.

Por várias razões, ele é especial, a primeira deve-se ao fato deste roteiro estar pronto e acabado há mais de 1 ano... à época - junho de 2007 - ele não foi publicado por 2 motivos: o primeiro foi a "rapidez no gatilho" do Gui Leite, que - como um fã como eu e muito mais atento - lançou seu Musicast sobre o assunto, derrubando minha pauta.
O segundo motivo foi um acaso. Após rabiscar algumas frases sobre o assunto tropeçei em um maravilhoso artigo do cientista político e jornalista da minha geração André Singer, que me fez rasgar o que havia escrito. Tal artigo tornou-se o fio narrativo deste podcast.
Só com muita sorte pode-se unir uma obra-prima musical com um texto tão adequado e estupendamente bem-escrito.

Com muito orgulho apresento o especial sobre os - agora - 41 anos de lançamento daquele que é considerado o melhor álbum de toda discografia mundial...
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band - The Beatles - 1967

Para manter o clima dos anos 60 tem-se como background deste Impressões apenas músicas de 1967 e que ocuparam os 12 primeiros lugares da Billboard...
1 - Ode To Billie Joe - Bobbie Gentry (Billboard 67s #04)
2 - Windy - The Association (Billboard 67s #03)
3 - Light My Fire - The Doors (Billboard 67s #02)
4 - I Heard It Through The Grapevine - Gladys Knight &The Pips (Billboard 67s #09)
5 - Happy Together - The Turtles (Billboard 67s #08)
6 - To Sir With Love - Lulu (Billboard 67s #01)
7 - Somethin' Stupid - Nancy Sinatra And Frank Sinatra (Billboard 67s #07)
8 - Incense And Peppermints - Strawberry Alarm Clock (Billboard 67s #10)
9 - Daydream Believer - The Monkees (Billboard 67s #06)
10 - The Letter - The Box Tops (Billboard 67s #05)
11 - Can't Take My Eyes Off You - Frankie Valli (Billboard 67s #12)
12 - Groovin' - The Young Rascals (Billboard 67s #11)

Para melhor compreensão deste especial sugiro a audição com a leitura das letras publicadas a seguir:

Post Scriptum: E não é que esqueci de colocar o teaser sobre o prêmio Podcast 2008? Então, vamos consertar isso: cliquem aqui para cadastrar, ou votar no seu podcast favorito...



...
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Album - The Beatles - 1967


1. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club (Lennon/McCartney)
It was twenty years ago today
Sgt. Pepper taught the band to play
They've been going in and out of style
But they're guaranteed to raise a smile
So may I introduce to you
the act you've know for all these years
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
We're Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
We hope you will enjoy the show
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
Sit back and let the evening go
Sgt. Pepper's Lonely, Sgt. Pepper's Lonely
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
It's wonderful to be here
It's certainly a thrill
You're such a lovely audience
We'd like to take you home with us
We'd love to take you home
I don't really want to stop the show
But I thought you might like to know
that the singers going to sing a some
And he wants you all the sing along
So may I introduce to you
The one and only Billy Shears
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band

2. With A Little Help Of My Friends (Lennon/McCartney)

What would you think if I sang out of tune
Would you stand up and walk out on me
Lend me your ears and I'll sing you a song
And I'll try not o sing out of key
Oh, I get by with a little help from my friends
Mm, I get high with a little help from my friends
Mm, gonna try with a little help from my friends
What do I do when my love is away
Does it worry you to be alone?
How do I feel by the end of the day
Are you sad because you're on your own
No, I get by with a little help from my friends
Mm, I get high with a little help from my friends
Mm, gonna try with a little help from my friend
Do you need anybody
I need somebody to love
Could it be anybody
I want somebody to love
Would you believe in a love at first sight
Yes, I'm certain that it happens all the time
What do you see when you turn out the light
I can't tell you but I know it's mine
Oh, I get by with a little help from my friends
Mm, I get high with a little help from my friends
Mm, gonna try with a little help from my friends
Do you need anybody
I just need someone to love
Could it be anybody
I want somebody to love
Oh, I get by with a little help from my friends
Mm, I get high with a little help from my friends
Mm, gonna try with a little help from my friends
Yes I get by with a little help from my friends
With a little help from my friends

3. Lucy In The Sky With Diamonds (Lennon/McCartney)
Picture yourself on a boat on a river
With tangerine trees and marmalade skies
Somebody calls you, you answer quite slowly
A girl with kaleidoscope eyes
Cellophane flowers of yellow and green
Towering over your head
Look for the girl with the sun in her eyes
and she's gone
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds, ah
Follow her down to a bridge by a fountain
Where rocking horse people eat marshmallow pies
Everyone smiles as you drift past the flowers
that grow so incredibly high
Newspaper taxies appear on the shores
Waiting to take you away
Climb in the back with your head in the clouds
and you're gone
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds, ah
Picture yourself in a train in a station
With plasticine porters with looking glass ties
Suddenly someone is there at the turnstile
The girl with kaleidoscope eyes
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds, ah
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds, ah

4. Getting Better (Lennon/McCartney)
It's getting better all the time
I used to get mad at my school
The teachers that taught me weren't cool
You're holding me down
Burning me round
filling me up with the rules
I've got to admit it's getting better
a little better all the time
I have to admit it's getting better
it's getting better since you've been mine
Me used to be angry young man
Me hiding me head in the sand
You gave m the word
I finally heard
I'm doing the best that I can
I've got to admit it's getting better
a little better all the time
I have to admit it's getting better
it's getting better since you've been mine
getting so much better all the time
It's getting better all the time
better, better, better
It's getting better all the time
better, better, better
I used to be cruel to my woman I beat her
and kept her apart from the things that she loved
Man, I was mean but I'm changing my scene
and I'm doing the best that I can
I've got to admit it's getting better
a little better all the time
Yes, admit it's getting better
it's getting better since you've been mine
getting so much better all the time
It's getting better all the time
better, better, better
It's getting better all the time
better, better, better
Getting so much better all the time

5. Fixing A Hole (Lennon/McCartney)
I'm fixing a hole where the rain gets in
and stops my mind from wandering
where it will go
I'm filling the cracks that ran though the door
and kept my mind from wandering
where it will go
And it really doesn't matter if I'm wrong
I'm right where I belong
I'm right where I belong
See the people standing there
who disagree and never win
and wonder why they don't get in my door
I'm painting my room in a colorful way,
and when my mind is wandering
there I will go
And it really doesn't matter if I'm wrong
I'm right where I belong
I'm right where I belong
Silly people run around
they worry me and never ask me
why they don't get past my door
I'm taking my time for a number of things
that weren't important yesterday
and I still go
I'm fixing a hole where the rain gets in
and stops my mind from wandering
where it will go
where it will go
I'm fixing a hole where the rain gets in
and stops my mind from wandering
where it will go

6. She's Leaving Home (Lennon/McCartney)
Wednesday morning at five o'clock
as the day begins
Silently closing her bedroom door
Leaving the note that she hoped would say more
She goes downstairs to the kitchen
clutching her handkerchief
Quietly turning the back door key
Stepping outside she is free
She (we gave her most of our lives)
is leaving (sacrificed most of our lives)
home (we gave her everything money could buy)
She's leaving home after living alone for
so many years (bye bye)
Father snores as his wife gets into her dressing gown
Picks up the letter that's lying there
Standing alone at the top of the stairs
She breaks down and cries to her husband
Daddy our baby's gone
Why would she treat us so thoughtlessly
How could she do this to me
She (We never thought of ourselves)
is leaving (never a thought for ourselves)
home (we struggled hard all our lives to get by)
She's leaving home after living alone for
so many years (bye bye)
Friday morning at nine o'clock she is far away
Waiting to keep the appointment she made
Meeting a man from the motor trade
She (what did we do that was wrong)
is having (we didn't know it was wrong)
fun (fun is the one thing that money can't buy)
Something inside that was always denied for
so many years (bye bye)
She's leaving home (bye bye)

7. Being For The Benefit Of Mr. Kite (Lennon/McCartney)
For the benefit of Mr. Kite
there will be a show tonight on trampoline
The Hendersons will all be there
late of Pablo Fanques'fair, what a scene
Over men and horses hoops and garters
and lastly through a hogshead of real fire
In this way Mr. K will challenge the world
The celebrated Mr. K
performs his feats on Saturday at Bishopsgate
The Hendersons will dance and sing
as Mr. Kite flies through the ring, don't be late
Messers K. and H. assure the public
their production will be second to none
And of course Henry the Horse dances the waltz
The band begins at ten to six
when Mr. K performs his tricks without a sound
And Mr. H will demonstrate
ten somersets he'll undertake on solid ground
Having been some days in preparation
a splendid time is guaranteed for all
And tonight Mr. Kite is topping the bill

8. Within You Without You (Harrison)
We were talking
about the space between us all
and people who hide themselves
behind a wall of illusion
never glimpse the truth
then it's far too late
when they pass away
We were talking
about the love we all could share
When we find it
to try our best to hold it there
with our love, with our love
we could save the world
if they only knew
Try to realize it's all within yourself
no one else can make you change
And to see you're really only very small
and life flows on within you and without you
We were talking
about the love that's gone so cold
and the people who gain the world
and lose their soul
They don't know, they can't see
Are you one of them
When you've seen beyond yourself
then you may find
peace of mind is waiting there
And the time will come
when you see we're all one
and life flows on within you and without you

9. When I'm Sixty-Four (Lennon/McCartney)
When I get older losing my hair
many years from now
will you still be sending me a valentine
birthday greeting, bottle of wine
If I'd been out till quarter to three
would you lock the door
Will you still need me
Will you still feed me
When I'm sixty-four
You'll be older too
And if you say the word
I could stay with you
I could be handy mending a fuse
when your light have gone
You can knit a sweater by the fireside
Sunday mornings, go for a ride
Doing the garden, digging the weeds
Who could ask for more
Will you still need me
Will you still feed me
When I'm sixty-four
Every summer we can rent a cottage on the
Isle of Wight, if it's not too dear
We shall scrimp and save
Grandchildren on your knee
Vera, Chuck, and Dave
Send me a postcard, drop me a line
stating point of view
indicate precisely what you mean to say
yours sincerely wasting away
Give me your answer fill in a form
mine forever more
Will you still need me
Will you still feed me
When I'm sixty-four

10. Lovely Rita (Lennon/McCartney)
Lovely Rita meter maid
nothing can come between us
When it gets dark I tow your heart away
Standing by a parking meter
when I caught a glimpse of Rita
Filling in a ticket in her little white book
In a cap she looked much older
And the bag across her shoulder
Made her look a little like a military man
Lovely Rita meter maid
may I inquire discreetly
When are you free to take some tea with me
Took her out and tried to win her
had a laugh and over dinner
Told her I would really like to see her again
Got the bill and Rita paid it
Took her home and nearly made it
Sitting on a sofa with a sister or two
Lovely Rita meter maid
where would I be without you
give us a wink and make me think of you
Lovely meter maid
Rita meter maid
oh, Lovely Rita meter, meter maid

11. Good Morning Good Morning (Lennon/McCartney)
Good morning good morning
good morning good morning
good morning, a
Nothing to do to save his life
call his wife in
Nothing say but what a day
how's your boy been
Nothing to do, it's up to you
I've got noting to say but it's O.K.
Good morning good morning
good morning a
Going to work don't want to go
feeling low down
Heading for home you start to roam
then you're in town
Everybody knows there's nothing doing
Everything is closed, it's like a ruin
Everyone you see is half asleep
And you're on your own, you're in the street
After a while you start to smile
now you feel cool
Then you decide to take a walk by the old school
Nothing has changed it's still the same
I've got nothing to say but it's O.K.
Good morning good morning
good morning a
People running 'round it's five o'clock
Everywhere in town it's getting dark
Everyone you see is full of life
It's time for tea and meet the wife
Somebody needs to know the time
glad that I'm here
Watching the skirts you start to flirt
no you're in gear
Go to a show you hope she goes
I've got nothing to say but it's O.K.
Good morning good morning
good morning good morning

12. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Reprise) (Lennon/McCartney)
We're Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
we hope you have enjoyed the show
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
We're sorry but it's time to go
Sgt. Pepper's Lonely, Sgt. Pepper's Lonely
Sgt. Pepper's Lonely, Sgt. Pepper's Lonely
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band
We'd like to thank you once again
Sgt. Pepper's one and only Lonely Heart's Club Band
It's getting very near the end
Sgt. Pepper's Lonely, Sgt. Pepper's Lonely
Sgt. Pepper's Lonely Heart's Club Band

13. A Day In The Life (Lennon/McCartney)
I read the news today oh, boy
About a lucky man who made the grade
And though the news was rather sad
Well, I just had to laugh
I saw the photograph
He blew his mind out in a car
He didn't notice that the lights had changed
A crowd of people stood and stared
They'd seen his face before
Nobody was really sure
if he was from the House of Lords
I saw a film today oh, boy
The English army had just won the war
A crowd of people turned away
But I just had to look
Having read the book
I'd love to turn you on.
Woke up, got out of bed
dragged a comb across my head
Found my way downstairs and drank a cup
and looking up, I noticed I was late
Found my coat and grabbed my hat
Made the bus in seconds flat
Found my way upstairs and had a smoke
Somebody spoke and I went into a dream
Ah
I read the news today oh, boy
Four thousand holes in Blackburn, Lancashire
And though the holes were rather small
They had to count them all
Now they know how many holes
it takes to fill the Albert Hall
I'd love to turn you on


BackGround:
1 - Ode To Billie Joe - Bobbie Gentry
It was the third of June, another sleepy, dusty Delta day
I was out choppin' cotton and my brother was balin' hay
And at dinner time we stopped and walked back to the house to eat
And Mama hollered out the back door "y'all remember to wipe your feet"
And then she said "I got some news this mornin' from Choctaw Ridge"
"Today Billy Joe MacAllister jumped off the Tallahatchie Bridge"
And Papa said to Mama as he passed around the blackeyed peas
"Well, Billy Joe never had a lick of sense, pass the biscuits, please"
"There's five more acres in the lower forty I've got to plow"
And Mama said it was shame about Billy Joe, anyhow
Seems like nothin' ever comes to no good up on Choctaw Ridge
And now Billy Joe MacAllister's jumped off the Tallahatchie Bridge
And Brother said he recollected when he and Tom and Billie Joe
Put a frog down my back at the Carroll County picture show
And wasn't I talkin' to him after church last Sunday night?
"I'll have another piece of apple pie, you know it don't seem right"
"I saw him at the sawmill yesterday on Choctaw Ridge"
"And now you tell me Billie Joe's jumped off the Tallahatchie Bridge"
And Mama said to me "Child, what's happened to your appetite?"
"I've been cookin' all morning and you haven't touched a single bite"
"That nice young preacher, Brother Taylor, dropped by today"
"Said he'd be pleased to have dinner on Sunday, oh, by the way"
"He said he saw a girl that looked a lot like you up on Choctaw Ridge"
"And she and Billy Joe was throwing somethin' off the Tallahatchie Bridge"
A year has come 'n' gone since we heard the news 'bout Billy Joe
And Brother married Becky Thompson, they bought a store in Tupelo
There was a virus going 'round, Papa caught it and he died last Spring
And now Mama doesn't seem to wanna do much of anything
And me, I spend a lot of time pickin' flowers up on Choctaw Ridge
And drop them into the muddy water off the Tallahatchie Bridge

2 - Windy - The Association
Who's peekin' out from under a stairway
Calling a name that's lighter than air
Who's bending down to give me a rainbow
Everyone knows it's Windy
Who's tripping down the streets of the city
Smilin' at everybody she sees
Who's reachin' out to capture a moment
Everyone knows it's Windy
And Windy has stor-my eyes
That flash at the sound of lies
And Windy has wings to fly
Above the clouds (above the clouds)
Above the clouds (above the clouds)
And Windy has stor-my eyes
That flash at the sound of lies
And Windy has wings to fly
Above the clouds (above the clouds)
Above the clouds (above the clouds)
Who's tripping down the streets of the city
Smilin' at everybody she sees
Who's reachin' out to capture a moment
Everyone knows it's Windy

3 - Light My Fire - The Doors
You know that it would be untrue
You know that I would be a liar
If I was to say to you
Girl, we couldn't get much higher
Come on baby, light my fire
Come on baby, light my fire
Try to set the night on fire
The time to hesitate is through
No time to wallow in the mire
Try now we can only lose
And our love become a funeral pyre
Come on baby, light my fire
Come on baby, light my fire
Try to set the night on fire, yeah
The time to hesitate is through
No time to wallow in the mire
Try now we can only lose
And our love become a funeral pyre
Come on baby, light my fire
Come on baby, light my fire
Try to set the night on fire, yeah
You know that it would be untrue
You know that I would be a liar
If I was to say to you
Girl, we couldn't get much higher
Come on baby, light my fire
Come on baby, light my fire
Try to set the night on fire
Try to set the night on fire
Try to set the night on fire
Try to set the night on fire

4 - I Heard It Through The Grapevine - Gladys Knight &The Pips
Ooh, I bet you're wond'rin' how I knew
Baby, baby, baby, 'bout your plans to make me blue [how]
With some other girl you knew before
Between the two of us girls ya know I love you more
It took me by surprise I must say
When I found out yesterday.
Don't ya know that I heard it through the grapevine
Not much longer would you be mine
Oh, don't ya know that I heard it through the grapevine
And I'm just about, just about, just about, to lose my mind
Oh yes, I am, Oh yes, I am, Oh yes, I am.
Baby won't you listen to me.
Boy take a good look at these tears of mine
Baby, baby these tears I can't hold inside
Losin' you would end my life you see
Because you mean that much to me
You could've told me yourself
That you love some body else.
Instead I heard it through the grapevine
Oh-h, not much longer you be mine
Oh, I heard it, yes, I heard it [heard it through the grapevine]
Oh, just about, just about, just about, to lose my mind
Oh yes, I am, Oh yes, I am, Oh yes, I am
Go-o-o-o-o, go
Go, I gotta go
Go, go
You gotta let me go
Go, go, go
I gotta go whoa, whoa, whoa
Say believe half of what you see
Oh, ho, and none of what you hear
Baby, but I just can't help bein' confused
If it's true please baby, won't ya tell me dear
Oh-h-h, do you plan to let me go
For the other girl you loved before?
Don't ya know that I heard through the grapevine
Not much longer would you be mine
Don't ya know that I heard it, yes I heard it

5 - Happy Together - The Turtles
Imagine me and you, I do
I think about you day and night, it's only right
To think about the girl you love and hold her tight
So happy together
If I should call you up, invest a dime
And you say you belong to me and ease my mind
Imagine how the world could be, so very fine
So happy together
I can't see me lovin' nobody but you
For all my life
When you're with me, baby the skies'll be blue
For all my life
Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together
I can't see me lovin' nobody but you
For all my life
When you're with me, baby the skies'll be blue
For all my life
Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together
Ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba ba-ba-ba ba-ba-ba-ba
Ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba ba-ba-ba ba-ba-ba-ba
Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together
So happy together
How is the weather
So happy together
We're happy together
So happy together
Happy together
So happy together
So happy together (ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba)

6 - To Sir With Love - Lulu
Those schoolgirl days, of telling tales and biting nails are gone,
But in my mind,
I know they will still live on and on,
But how do you thank someone, who has taken you from crayons to perfume?
It isn't easy, but I'll try,
If you wanted the sky I would write across the sky in letters,
That would soar a thousand feet high,
To Sir, with Love
The time has come,
For closing books and long last looks must end,
And as I leave,
I know that I am leaving my best friend,
A friend who taught me right from wrong,
And weak from strong,
That's a lot to learn,
What, what can I give you in return?
If you wanted the moon I would try to make a start,
But I, would rather you let me give my heart,
To Sir, with Love

7 - Somethin' Stupid - Nancy Sinatra And Frank Sinatra

I know I stand in line until you think
You have the time to spend an evening with me
And if we go someplace to dance
I know that there's a chance you won't be leaving with me
And afterwards we drop into a quiet little place
And have a drink or two......
And then I go and spoil it all by saying
Something stupid like I love you
I can see it in your eyes that you despise
The same old lines you heard the night before......
And though it's just a line to you for me it's true......
And never seemed so right before
I practice everyday to find some clever lines
To say to make the meaning come true......
But then I think I'll wait until the evening gets late
And I'm alone with you
The time is right your perfume fills my head......
The stars get red and on the nights so blue......
And then I go and spoil it all by saying
Something stupid like I love you

8 - Incense And Peppermints - Strawberry Alarm Clock
Good sense, innocence, cripplin' and kind.
Dead kings, many things I can't define.
Oh Cajun spice, sweats and blushers your mind.
Incense and peppermints, the color of thyme.
Who cares what games we choose?
Little to win, but nothing to lose.
Incense and peppermints, meaningless nouns.
Turn on, tune in, turn your eyes around.
Look at yourself, look at yourself,
Yeah, yeah.
Look at yourself, look at yourself,
Yeah, yeah,
Yeah, yeah.
Tune-a by the cockeyed world in two.
Throw your pride to one side, It's the least you can do.
Beatniks and politics, nothing is new.
A yardstick for lunatics, one point of view.
Who cares what games we choose?
Little to win, but nothing to lose.
Good sense, innocence, crippled and kind.
Dead kings and many things I can't define.
Oh Cajun spice, sweats and blushers your mind.
Incense and peppermints, the color of thyme.
Who cares what games we choose?
Little to win, but nothing to lose.
Incense, peppermints, incense, peppermints.
Sha-la-la, sha-la-la....

9 - Daydream Believer - The Monkees
Oh, I could hide neath the wings
Of the bluebird as she sings.
The six oclock alarm would never ring.
Whoops its ringing and I rise,
Wipe the sleep out of my eyes.
My shavin razors cold and it stings.
Cheer up, sleepy jean.
Oh, what can it mean.
To a daydream believer
And a homecoming queen.
You once thought of me
As a white knight on a steed.
Now you know how happy I can be.
Oh, and our good times starts and end
Without dollar one to spend.
But how much, baby, do we really need.
Cheer up, sleepy jean.
Oh, what can it mean.
To a daydream believer
And a homecoming queen.
Cheer up, sleepy jean.
Oh, what can it mean.
To a daydream believer
And a homecoming queen.
Cheer up, sleepy jean.
Oh, what can it mean.
To a daydream believer
And a homecoming queen.

10 - The Letter - The Box Tops
Gimme a ticket for an aeroplane,
Ain't got time to take a fast train.
Lonely days are gone, I'm a-goin' home,
'Cause my baby just a-wrote me a letter.
I don't care how much money I gotta spend,
Got to get back to my baby again
Lonely days are gone, I'm a-goin' home,
'Cause my baby just a-wrote me a letter.
Well, she wrote me a letter
Said she couldn't live without me no mo'.
Listen mister can't you see I got to get back
To my baby once a-mo'--anyway...
Gimme a ticket for an aeroplane,
Ain't got time to take a fast train.
Lonely days are gone, I'm a-goin' home,
'Cause my baby just a-wrote me a letter.
Well, she wrote me a letter
Said she couldn't live without me no mo'.
Listen mister can't you see I got to get back
To my baby once a-mo'--anyway...
Gimme a ticket for an aeroplane,
Ain't got time to take a fast train.
Lonely days are gone, I'm a-goin' home,
'Cause my baby just a-wrote me a letter.
Because my baby just a-wrote me a letter.

11 - Can't Take My Eyes Off You - Frankie Valli
You're just too good to be true.
Can't take my eyes off you.
You'd be like Heaven to touch.
I wanna hold you so much.
At long last love has arrived
And I thank God I'm alive.
You're just too good to be true.
Can't take my eyes off you.
Pardon the way that I stare.
There's nothing else to compare.
The sight of you leaves me weak.
There are no words left to speak,
But if you feel like I feel,
Please let me know that it's real.
You're just too good to be true.
Can't take my eyes off you.
I love you, baby,
And if it's quite alright,
I need you, baby,
To warm a lonely night.
I love you, baby.
Trust in me when I say:
Oh, pretty baby,
Don't bring me down, I pray.
Oh, pretty baby, now that I found you, stay
And let me love you, baby.
Let me love you.
You're just too good to be true.
Can't take my eyes off you.
You'd be like Heaven to touch.
I wanna hold you so much.
At long last love has arrived
And I thank God I'm alive.
You're just too good to be true.
Can't take my eyes off you.
I love you, baby,
And if it's quite alright,
I need you, baby,
To warm a lonely night.
I love you, baby.
Trust in me when I say:
Oh, pretty baby,
Don't bring me down, I pray.
Oh, pretty baby, now that I found you, stay..

12 - Groovin' - The Young Rascals
Groovin' . . . on a Sunday afternoon
Really couldn't get away too soon
I can't imagine anything that's better
The world is ours whenever we're together
There ain't a place I'd like to be instead of . . .
Groovin' . . . down a crowded avenue
Doin' anything we like to do
There's always lots of things that we can see
We can be anyone we want to be
And all those happy people we could meet just . . .
Groovin' . . . on a Sunday afternoon
Really couldn't get away too soon
Ah-ha-ha [3 times]
We'll keep on spending sunny days this way
We're gonna talk and laugh our time away
I feel it comin' closer day by day
Life would be ecstasy, you and me endlessly . . .
Groovin' . . . on a Sunday afternoon
Really couldn't get away too soon
Ah-ha-ha
Ah-ha-ha
Ah-ha-ha

Thursday, July 03, 2008

Febeapá - A Série (O kit Amaury Jr)

O destemido e fulgurante casal @maestrobilly e @mellancia, sei lá por que cargas-d'água, decidiram aceitar um convite para o evento comemorativo, na semana passada, das bodas de prata do programa Amaury Jr (ô zé, isso quer dizer 25 anos) em uma dessas casas de eventos para famosos de São Paulo.
Como a coisa lá foi "muuuuuuito" animada (ver íntegra do périplo festivo do casal aqui) eles decidiram promover um Concurso Sócio-Educativo-Carnavalesco, o qual consistia em uma espécie de "Onde está o Wally" (não, nerd, não o atual WALL-e da Pixar, aquele dos livrinhos da década de 80/90, de camisa listrada branca e vermelha, óculos e gorrinho... lembrou?).
Só que a brincadeira consistia em desafiar os leitores do blog do dito maestro achar um FAMOSO nas fotos daquela muvuca bombada a botox e estica-e-puxa cirurgicamente aplicados.
Como a tarefa proposta apresentou-se hercúlea, o sestroso casal gentilmente cedeu como brinde ao que achasse um famoso a lembrança por eles recebida à saída de tal esplendoroso evento.
Como eu, e somente eu, tive a felicidade incomensurável de localizar o único rosto reconhecível de tal rega-bofe fui brindado com o mimo Amauryjunioresco, ao vivo e em cores, pelo casal no último #twitterlunch desta 4a. 2-jul, no Yucatán, organizado pela Ju (a.k.a. @garciasales).

Abaixo fotos e detalhes do magnifico, acachapante, esfuziante e asfixiante prêmio:

Vejam o detalhe da delicada e original embalagem


Garanto! Nunca havia visto tais espécimes editoriais...

Agora, a brejeirice e a inventividade, ao se aplicar a religiosidade ao marketing, é digna deste malemolente povo brasileiro.
Realmente é de tirar o fôlego... o que Santo Antônio tem com todo esse baba-ovo? Maestro Billy, Mellancia a festa era em trajes típicos?

post-scriptum: O casal fotografou (ou filmou) a entrega do prêmio a este que vos digita, entretanto até o momento as imagens não foram publicadas... pena :(

Tuesday, July 01, 2008

E AGORA...PARA ONDE VAMOS?

ArtPC_029_01Jul08


Quando me perguntam se blogs e - principalmente - podcasts são apenas "a moda do momento", com toda a tranquilidade e sinceridade do mundo afirmo que não.
Os números atuais indicam claramente que estes elementos midiáticos não são efêmeros. Por exemplo: o Technorati monitora a blogosfera desde novembro de 2002. Nesta data já havia monitorado um total de cerca de 40 mil blogs. Hoje cerca de 100 mil novos blogs são criados por dia! Algo como o dobro daquilo que era produzindo pela blogosfera há 4 anos. E olha só! Aquele antigo formato "meu querido diário" evoluiu a tal ponto que temos hoje os probloggers e os blogs corporativos.
Na realidade a questão não é saber se eles são uma moda ou não, mas quanto tempo vai demorar para os blogs e podcasts sairem desse nicho de nerds.
Os bloggers possuem uma vantagem: é muito simples formatar e distribuir um blog; bastam um browser, um acesso a serviço de web-publishing, e, claro, conteúdo. A partir daí é só sair escrevendo o que der na telha...
Por outro lado, o podcasting exige um esforço considerável a mais, além de escrever o podcaster precisa - no mínimo - dominar as técnicas da comunicação vocal, de gravação e edição de arquivos de áudio e bancar um custo de hospedagem e de banda de tráfego.
Isso me lembra e me faz declarar aqui a urgente necessidade de popularização real do podcasting.
De um lado tornando muito mais simples a sua distribuição, algo assim, tão simples como sintonizar uma rádio FM. De outro divulgar a vantagem do seu ineditismo e abrangência de assuntos e perfis. Penso que divulgando as suas capacidades e riqueza de assuntos, e tornando-os mais acessíveis ao pessoal menos afeito às tecnicidades da internet, com certeza, teremos massa crítica suficiente para estas mídias tornarem-se o formato dominante, em futuro próximo, de comunicação e troca de idéias.
As pessoas normalmente se apegam ao entretenimento e acabam dispendendo boa parte do seu tempo nisso. No século passado as pessoas passaram as décadas de 30, 40 e 50 em frente de um rádio; os anos 60, 70, 80 e 90, ficaram pasmos frente a uma televisão. Agora, no século 21, a próxima geração dominante deste planeta passa horas em frente ao computador, onde a atenção é dividida em uma miscelânea de comunicação, informação, diversão, relacionamento social, econômico e financeiro.
Quando toda essa coisa de Internet começou, antes de ser economicamente viável ou vista como uma oportunidade possível de negócio, a comunicação era simples: um texto na tela! Na verdade ainda agora é simples! Só que agora existem inúmeras ferramentas para tornar mais fácil a publicação e a distribuição de suas idéias, seja em vídeo, áudio, texto... Nunca tanta gente reuniu em um único lugar tantos pensamentos e opiniões pessoais...Estamos conseguindo provocar uma sobrecarga de informação, e ao mesmo tempo, pela diferença da velocidade de inserção tecnológica, não está sendo permitido que o resto da sociedade acesse estas mesmas informações.
Blogging e podcasting não são apenas uma moda de adolescentes. Por enquanto, estão apenas defasados do grande público.
...
Se blogs e podcasts não são um modismo e estão em crescimento, seria lógico deduzir que, mais dia, menos dia, a mídia tradicional - como conhecemos - terá sua relevância diminuída. Pois, as ferramentas de captação, produção e edição de podcasts estão cada dia mais baratas e simplificadas, e as bandas de tráfego mais acessíveis e velozes... Porém, e em compensação a mídia tradicional possui um relacionamento muito melhor com os patrocinadores e agências de propaganda; possuem, historicamente, o poder e o controle da informação de massa... só isso indica que elas não irão desaparecer tão facilmente.
Com isso quem ganha é o consumidor de quaisquer que sejam estas mídias, pois todas sem exceção, vão criar - nesta competição - novos e melhores conteúdos.
Certamente não serão criadas novas grandes redes de TV e Rádio; o mais provável é que esta indústria não irá ficar parada e se modernizará rapidamente. Alguns sinais deste movimento (ou seria preocupação?) já são abertamente discutidos em seminários de jornais e de associações de rádio mais sensíveis ao movimento de blogging e podcasting. Estas mídias já notaram a ameaça do podcasting, e se encontram em processo de adequação, lenta, tímida, mas contínua, na busca de evitar um confronto direto e perda completa de seu público.
...
Hoje temos excesso de oferta de serviços de comunicação e de criadores de conteúdo. Antigamente eu suava um bocado para conseguir algumas linhas de informação sobre qualquer assunto, mesmo que o mais banal. Hoje temos exatamente o inverso, e aí o critério, a filtragem assumem importância fundamental (olha aí um nicho importante, gente!).
Um outro aspecto interessante é o início da quebra do paradigma da informação de massa. As pessoas, mais e mais, buscam informações com outras pessoas, buscam autenticidade na "sua" rede social, em pessoas reais (mesmo que através de midias digitais), abandonando de vez as companhias de informação, as quais junto com alguma notícia aqui e alí as bombardeiam com mensagens comerciais e ações de merchandising.
Uma coisinha interessante nisso tudo é que o blogging e o podcasting nem de perto ameaçam diretamente o modelo de negócios dos meios de comunicação de massa... O blog e o podcast não têm nada a ver com isso! Eles não são mídias de massa, que possuem um custo direto quase fixo, seja para uma ou milhares de pessoas (leitores, ouvintes ou espectadores). O modelo econômico que permeia os blogs e os podcasts está vinculado a um processo de divulgação extremamente pulverizado e de custos associados a cada assinante.
Outra possibilidade que a dupla blog/podcast nos abre é a de rejeitar um pedaço de papel impresso, vídeo ou áudio com notícias e informações embaralhadas - na forma e no conteúdo - com propagandas e ações de venda; como também permite buscar diretamente o que realmente interessa e suas ricas relações com experiências pessoais.
...
Uma das questões mais importantes, que vive nas cabeças dos bloggers e podcasters é: como fazer dinheiro suficiente para manter uma dedicação exclusiva à produção destas coisinhas, se a cada dia há mais gente escrevendo e gravando, e principalmente porque é clara a tendência desta quantidade continuar a crescer?!
Hoje há um bilhão de telefones celulares e prevê-se o dobro em dois anos. Caso não tenha notado o telefone celular é apenas um computador ligado a uma rede que permite que você transmita dados.
Então, quando eu penso sobre as possibilidades desse universo de telefones celulares sou obrigado a supor que estruturas chamadas de blogging e podcasting podem ser ofuscadas por ferramentas desenvolvidas para esse pessoal que já se encontra essencialmente conectado por um aparelhinho portátil e cada dia mais potente... O que isso significa em termos de implicações sociais? Simples! Que teremos de tudo, produções de texto, áudio e vídeo de todos os matizes e níveis de qualidade... E claro, um espaço enorme para comercializar conteúdo!
...
De cara a Web 2.0 propiciou aos bloggers e podcasters algo muito importante: assunto! Hoje temos mais clones de clones de clones de clones. ... Todos querem "ser um..." também. Eu quero ser um YouTube. Eu quero ser um Facebook. Eu quero ser um Flickr ... isso dá muito "pano p'ra manga".
Agora, que a Web 2.0 impacta o podcasting e o blogging, não há dúvida, isto é facilmente perceptível. Pois estes meios são a extensão natural daquilo que foi a origem da web: a mídia global de escrita e leitura puras! Ela é uma evolução daquilo que começou lá nos anos 90: a conexão de pessoas permitindo o encontro de iguais e intercomunicação digital... E isso nada mais é que a atual Web 2.0, onde os blogs, podcasts e todas as outras ferramentas convivem, facilitando cada vez mais os processo de criação, produção e distribuição de conteúdos inéditos e/ou pessoais, para, enfim, encontrar outras pessoas com o mesmo espírito dentro deste único meio ou - como chamo - tecido digital...
Alguns sinais importantes da socialização digital: estamos vendo o crescimento da preocupação local novamente. As pessoas em suas comunidades estão, na realidade, encontrando-se, relacionando-se, enfim, criando mutuamente e escrevendo acerca de algumas das coisas que nenhum dos jornais estão cobrindo mais. Os encontros do bairro, as ações de sua comunidade e a vizinhança... As pessoas estão escrevendo sobre a sua faculdade, sua empresa, divulgando reuniões de nichos profissionais, analisando a política local... Assuntos sobre os quais ninguém mais parecia se preocupar há algum tempo atrás. E - olha a surpresa! - nestas atividades típicas de aldeias eles encontram mentes semelhantes! Tornando a busca de concentração em um único espaço geográfico, deste ser gregário, que é o homem, em uma concentração no espaço digital.
Algumas destas ferramentas digitais tem sido utilizadas para ajudar as pessoas a se tornarem amigos na realidade: mais e mais encontros são organizados, através da internet, para trocas de experiências pessoais no tête-a-tête. O que tem-se provado ser uma ótima maneira de as pessoas se organizarem para ajudar a mudar as suas comunidades do mundo real.

Obviamente o assunto não se encerra aqui, mas para o bem da compreensão devo deixar você sedimentar estas observações na esperança que não seja apenas eu nesta relação escritor-leitor a divulgar idéias. Compreende!?

Sérgio Vieira - autor deste artigo, além de podcaster anda doidinho para se tornar efetivamente em um blogger também...

Saturday, June 14, 2008

Quem avisa amigo é...

Atenção!!! Um aviso a todos os meus vinte leitores:
A partir de hoje começarei o período de mudanças e adequações neste layout aqui, assim como de conteúdo.
Algumas coisas sumirão, outras surgirão... e creio que já é hora de uma surpresinha também :P
Tudo em prol de vocês, caros leitores.
Grato.

Tuesday, June 03, 2008

I Dig it 044

Hoje é dia de Podcast Impressões Digitais em sua quadragésima-quarta edição - versão Compacto Duplo.

LADO A: Flow my tears - Sting (John Dowland)
Flow my teares fall from your springs,
Exilde for ever: Let me morne
Where nights black bird hir sad infamy sings,
There let me live forlorne.

Downe vaine lights shine you no more,
No nights are dark enough for those
That in dispaire their last fortunes deplore,
Light doth but shame disclose.

Never may my woes be relieved,
Since pittie is fled,
And teares, and sighes, and grones
My wearie days of all joyes have deprived.

From the highest spire of contentment,
My fortune is throwne,
And feare, and griefe, and paine
For my deserts, are my hopes since hope is gone.

Hark you shadowes that in darnesse dwell,
Learn to contemne light,
Happy that in hell
Feele not the worlds despite



INTRO: Aqui abraço a sugestão do Renato Castilho de desenvolver o tema "As estórias da História do Brasil" ... onde apresento algumas facetas não muito discutidas comumente e que compõem parte indelével da formação de nossa estrutura tupiniquim europeizada. Na realidade vou esboçar o ambiente histórico de nosso brasilzão-véio-de-guerra

Em cada um dos próximos 5 podcasts desta versão vou abordar um século de nossa história, rapidamente, delineando os contornos sócio-políticos-econômicos e culturais que formaram o Brasil. E assim permitir um olhar mais crítico da atualidade, de nossas mazelas e virtudes.

HOMO SAPIENS (ou Timeline):
1501 - Amércio Vespúcio explora a costa leste do Novo Continente; Roma garante à monarquia espanhola o controle da igreja na América.
1503 - Espanha vence a França na considerada 1ª batalha da história vencida com o uso de armas de fogo portáteis.
1504 - Primeiro navio francês aporta nas costas brasileiras
1506 - Cerca de 2000 judeus convertidos - os novos-cristãos - são massacrados em Lisboa. Cristovão Colombo morre em Valadolid, Espanha.
1509 - Os portugueses vencem a Batalha de Diu na Índia, o que permitiu o domínio do oceano Índico e do comércio de especiarias.
1510 - Os primeiros escravos africanos chegam à America.
1511 - Primeira cidade espanhola na América (Santa María la Antigua de Darié)
1512 - O sul do reino de Navarra é invadido pelas tropas de Castela e Aragão.
1513 - Jorge Álvares de Portugal, aporta em Macau, China. Henrique VIII vence os franceses.
1515 - O império otomano - aquele dos Rum-Seljuks - conquista o leste da Anatolia vencendo os persas.
1516 - Os otomanos conquistam o Egito, o leste do Mediterraneo e a Arábia. Fundado o 1º posto mercantil português em Pernambuco
1517 - A Reforma Protestante de Martinho Lutero é deflagrada com a publicação das 95 teses contra os rumos do Cristianismo.
1519 - Carlos 1º de Espanha torna-se o imperador Carlos 5º do Sacro Império Romano e o rege até 1556 em permanente conflito com o poder papal. O espanhol Hernán Cortez desembarca no México comandando 600 homens e inicia a conquista do México. Fernão de Magalhães, português a serviço do agora Imperador Romano e rei de Espanha, inicia a expedição de circunavegação do planeta.
1520 - Os aztecas matam 400 espanhóis da tropa de Cortez e o império Azteca é reestabelecido. A Espanha é derrotada pelas forças germânicas.
1521 - Hernan Cortez retorna com armas e a Inquisição. Com as primeiras reconquista o Mexico em 75 dias e com a segunda mantém seu poder. A Espanha arruinada pela guerra com os germânicos e com a falta de alimentos vê 3/4 da população morrer. Após construírem fortificações em Tuen Mun os portugueses tentam invadir a China e destituir a Dinastia Ming, e são derrotados pela força naval chinesa.
1522 - Rhodes é conquistada pelo império Otomano.
1524 - Giovanni da Verrazzano é o 1º europeu a explorar a costa atlântica da América do Norte. Chegam os primeiros burocratas espanhóis ao México
1525 - Espanha e Alemanha - agora aliados - vencem a França na Batalha de Pávia - Francisco 1º da França é capturado.
1526 - Os Rum-Seljuks otomanos conquistam o Reino da Bulgária.
1527 - As tropas de Carlos 5º invadem Roma (o Sacco di Roma) e mantém o papa lá detido, marcando o fim do Renascentismo italiano.
1529 - O cerco de Viena define o limite do avanço do império otomano na europa.
1531- A igreja da Inglaterra rompe com a Igreja Católica Romana e reconhece o rei Henrique VIII como líder da Igreja Anglicana. Os irmãos Atahualpa e Huáscar em oposição iniciam uma guerra civil Inca.
1532 - Francisco Pizarro se aproveita da guera civil e lidera a conquista espanhola do império Inca. Fundado o assentamento português de São Vicente.
1534 - Jacques Cartier reclama Quebec para a França. Os otomanos capturam Baghdad.
1535 - Chega ao México o 1º vice-rei espanhól Don Antonio Mendoza
1538 - A frota conjunta da Espanha e Veneza é derrotada pelos otomanos na batalha de Preveza.
1539 - O espanhol Hernan de Soto explora o interior da America do Norte.
1541 - O espanhol Pedro de Valdivia funda Santiago de Chile. O português Francisco Xavier chega a Goa – Índia.
1542 - O também português Fernão Mendes Pinto desembarca no Japão acompanhado de dois mercadores. São os primeiros europeus a entrar no país. Fracisco 1º da França e o Imperador Carlos 5º voltam a guerrear, tendo Henrique VIII da Inglaterra do lado do imperador e James V da Escócia apoiando os franceses.
1543 - Tropas etíopes e portuguesas derrotam as forças mulçumanas na batalha de Wayna Daga. Inicia-se o comércio português com o Japão.
1544 - A França derrota as forças espanholas do imperador Carlos 5º.
1545 - O papa inicia o concílio de Trento que irá se arrastar durante 18 anos, até 1563.
1548 - Tomé de Sousa indicado como governador-geral do Brasil.
1549 - O português Francisco Xavier chega ao Japão.
1550 - Os mongóis liderados por Altan Khan invadem a China e tomam Beijing.
1551 - A igreja e os nobres discutem em Valladolid se os Ameríndios possuem ou não almas.
1553 - Os portugueses eregem o Assentamento português de Macau.
1556 - O teólogo radical Pomponio Algerio é executado em óleo fervente após condenado pela Inquisição. Carlos 5º abdica do trono espanhol.
1557 - A Espanha torna-se a 1ª nação soberana a declarar falência. Felipe 2º irá declarar 4 falências do estado: em 1557, 1560, 1575 e 1596.
1558 - Elizabete 1ª assume o trono da Inglaterra, e após 200 anos de lutas a Inglaterra perde Calais para a França.
1560 - Primeira grande epidemia de doenças européias no Brasil.
1562 - A Guerra religiosa entre católicos e huguenotes eclode na França e irá perdurar até 1598
1563 - Uma epidemia de peste bulbônica atinge toda a Europa, matando 80,000 ingleses.
1565 - Cerco a ilha de Malta pelas forças Otomanas.
1566 - Começa a guerra entre Espanha e Holanda que irá durar 78 anos.
1568 - Começa a revolta moura na Espanha que irá até 1571.
1571 - Os Portugueses fundam Angola; a Espanha conquista as Filipinas, Kepler publica seus estudos sobre a física dos movimentos celestes, Papa Pio V arrigementa a Liga Sagrada, um exército multinacional contra as forças otomanas; missionários espanhóis são trucidados pelos ameríndios no assentamento Jamestown na Virgínia.
1572 - Conquistadores espanhóis capturam o último líder Inca - Tupak Amaru - e o executam; Catarina de Medici instiga com sucesso retumbante o massacre do dia de São Bartolomeu, onde o líder Gaspard de Coligny e milhares de protestantes franceses são brutalmente assassinados em Paris. A violência rapidamente espalhou-se para outras cidades do interior...
1573 - O general japonês Nobunaga Oda depõe o xogunato Ashigaka e inicia a era Azuchi Momoyama.
1576 - Os soldados espanhóis quase sempre sem pagamentos saqueiam a cidade de Antuérpia.
1577 - Sir Francis Drake inicia a circunavegação do planeta que irá durar 3 anos.
1578 - O rei Sebastião de Portugal morre na batalha de Alcacerquibir
1579 - A União de Utrecht (posteriormente a República Holandesa) forma-se no norte dos Países Baixos; enquanto a União de Arras reune no sul os futuros estados dos países baixos espanhóis, países baixos austríacos e Bélgica.
1580 - Após a recepção com pompas reais de Francis Drake na Inglaterra, devido aos seus ataques às possessões espanholas ao redor do mundo, influencia o Rei de Espanha Felipe 2º a constituir a famosa Armada Espanhola, obviamente tomando posse de todos os navios ingleses que se encontravam em portos espanhóis; Felipe 2º devido aos laços familiares reivindica e assume o trono de Portugal, unificando os reinos e os interesses colonizadores por 60 anos, até 1640.
1582 - Papa Gregório 13 implanta o Calendário cristão utilizado até hoje, o Calendário Gregoriano; Mensageiros japoneses chegam ao Vaticano.
1585 - O império Otomano começa a perder seus poderes.
1585 - A guerra anglo-espanhola começa a ser travada nos dois lados do Atlântico e se arrasta até 1604.
1587 - O cristianismo é legalmente proibido no Japão.
1588 - Inglaterra e Espanha focam seus exércitos uma contra a outra
1590 - Volta de mensageiros japoneses ao Vaticano e introdução da imprensa gráfica. Ampliação das incursões de outras nacionalidades no Caribe. Primeiro assentamento holandes é erigido na Guiana.
1591 - Publicação do “Heike-monogatari” e “doutrina Cristã” em Amakuda, Japão.
1593 - Os franciscanos espanhóis chegam ao Japão e entram em atrito direto com os jesuítas portugueses lá instalados.
1593 - A europa ainda combate ferozmente os Turcos otomanos.
1596 - Nova perseguição aos cristãos no Japão.
1598 - A guerra religiosa francesa termina com o Edito de Nantes. Morre Felipe 2º.
1600 - Giordano Bruno é queimado por heresia em Roma.

O primeiro século do Brasil descoberto fez com que vários aldeamentos, feitorias, arraiais e vilas, fossem aqui instaladas, desde Natal, no atual Rio Grande do Norte, até a ilha de Cananéia, no litoral do Paraná, no sul. O desconhecimento da existência de ouro ou gemas preciosas fez com que a colonização se fixasse basicamente no litoral, ao redor das primeiras feitorias e vilas fundadas.
Um governo-geral firmara-se na Bahia e São Salvador era sua capital desde a fundação em 1549. O pau-brasil, os papagaios, os escravos e os mestiços, condensam a obra da coroa portuguesa das primeiras décadas do primeiro século.
A principal alteração que ocorre na política geral será a passagem de Portugal, por motivos dinásticos, ao controle da Espanha. De 1580 até a rebelião do Porto de 1640, o Brasil Colônia será administrado sonolentamente por prepostos dos espanhóis, que possuiam outras prioridades.


LADO B: Mandad´ei Comigo - versão moderna pelo Grupo ISGA Collective (anônimo).
Incidental: Mandad´ei Comigo - versão original pelo Grupo Martin Codáx (anônimo).