Google+ Followers

Sunday, April 02, 2006

Febeapa [006]

Ontem eu 'tava aqui, pendurado no computador, ajustando meu podcast e a tv ligada... como sou um "zappista" de primeira, alucinadamente 'tava girando os canais quando dei de cara com os irmãos cartunistas Chico e Paulo Caruso, cantando uma daquelas suas musiquinhas políticas e hilárias ("... mas se tudo acaba em pizza. Catso! O que será de mim?), devidamente paramentados com estampas de pizza pelo terno e acompanhados pela banda, a qual possui, entre outros, como membros o também cartunista Aroeira e o escritor Luis Fernando Veríssimo (este filho de Érico Veríssimo - por favor leia a obra deste gaúcho!!!).

De repente, ao final do número, chega o graaaande Amaury Jr. de microfone em punho, e, após fazer algumas perguntas insonsas e óbvias à dupla de gêmeos - que galante e jabaculescamente as responderam sem titubear nem cair na gargalhada - do alto de toda aquela sapiência exemplar dirige-se ao Luís Fernando Veríssimo e - valentemente - inicia uma pretensa entrevista (justo com quem meu-deus!!!!).

Pergunta a besta do Amaury: "Com toda esta tecnologia presente, com a Internet, você não teme que ela acabe com seu trabalho, com sua profissão?
Responde o zen LFV: De modo algum. Ainda não inventaram um computador que escreva.

Pano rápido - e eu me ralando de rir...

No comments: